Dra. Roberta França fala com bom humor sobre envelhecimento saudável

Publicado em: 05/04/2019 por: Assessoria de Imprensa SUPERA

Dra. Roberta França é a mais nova apoiadora do Método SUPERA. Ela é mineira, médica geriatra e referência em envelhecimento saudável e qualidade de vida dos 60+. Com cerca de 15 anos de experiência na profissão, a doutora encontrou seu caminho e sua realização pessoal nos cuidados com pacientes idosos, lhes proporcionando brilho nos olhos e vontade de viver cada dia mais, com felicidade e autoestima.

Dra. Roberta França fala com bom humor sobre envelhecimento saudável - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
A mais nova apoiadora do SUPERA, Dra. Roberta França, é referência na área de geriatria e promove qualidade de vida ao público 60+

Roberta segue a linha da medicina preventiva; acredita que saber ouvir e conversar é a melhor maneira de preservar a saúde do idosos. “Ninguém irá reparar nas rugas enquanto houver brilho nos olhos”, dita seu lema.

Inspiração

Tudo começou em Belo Horizonte (MG), quando Dra. Roberta França tinha apenas 6 anos. Ela colocou na cabeça que iria ser médica e não houve ninguém que lhe tirasse esse sonho.

Além disso, desde criança ela nutria outro grande amor: seus avós! “Eu queria morar na casa deles quando era criança. Adorava conversar e ouvir suas histórias. Achava que para ser inteligente tinha que ter cabelo branco e rugas. Sempre tive muito cuidado com avós, essa vivência era mágica e eu cresci com essa ideia”, diz Roberta, orgulhosa e emocionada.

E foi assim, aliando suas duas grandes paixões, que Roberta ingressou no curso de Medicina da Universidade Gama Filho no Rio de Janeiro, aos 18 anos.

A corajosa profissional teve uma rotina agitada e segue assim até hoje; não gosta de ficar parada e sua missão é ajudar as pessoas. Especialmente seus avós, que continuaram sendo sua inspiração e foi por eles que decidiu seguir para a especialização na área de Gerontologia.

“O cuidado, o respeito, o olhar; eles tiveram que trabalhar muito. As pessoas não valorizam mais isso e tudo se torna descartável. A gente não valoriza mais o processo de envelhecimento, as pessoas lutam cada dia mais para não terem mais rugas ou parecerem idosos. Ninguém quer morrer, mas não conseguem enxergar o envelhecimento como processo que todos vão passar. Minha luta é provar que envelhecer é um processo natural da vida e ele tem que ser honrado, de maneira saudável e feliz”.

Supera e você na Disney

Roberta sempre declara, orgulhosa: “Envelhecer ainda é a única maneira de viver muito tempo”.

Projetos

Em 15 anos de experiência, Roberta França conheceu e atendeu milhares de pacientes, vivenciou experiências emocionantes e aos poucos, se tornou referência em envelhecimento saudável e qualidade de vida. Além de atender em seu consultório, Roberta dá aulas na ABRAZ – Associação Brasileira de Alzheimer e ainda realiza palestras sobre diversos temas que englobam o universo dos idosos. Além disso, Roberta comanda o projeto social Cantinho da Geriatria.

Dra. Roberta França fala com bom humor sobre envelhecimento saudável - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
Dra. Roberta França é responsável pelo projeto social Cantinho da Geriatria

A médica também criou o #pelodireitodeenvelhecer. Duas vezes por ano, ela leva centenas de participantes e pacientes para fazem caminhadas pela cidade, incentivando a prática de atividades físicas entre os idosos.

A última frente é o Baile do Cantinho, que serve como um momento de interação entre os idosos, levando muita música, dança e estimulação musical para o público 60+.

Como ter um envelhecimento saudável?

Para Dra. Roberta França, a resposta dessa pergunta é simples: é preciso ter aceitação! “Se eu não aceito, eu brigo e não consigo caminhar nesse processo de envelhecimento. Temos que pensar da seguinte forma: eu aceito que estou envelhecendo, é um processo natural. Isso faz com que eu busque maneiras para tornar esse processo o mais leve possível”.

Para Roberta, são muitas as maneiras de tornar esse processo prazeroso e claro, com muita longevidade e alegria de viver. Cuidados com a alimentação, atividade física, terapia, estimulação cognitiva, cuidados com a mente, acompanhamento de um geriatra; são práticas que contribuem para um caminhar saudável, para ter qualidade de vida e tratar a saúde. Segundo Roberta, “a qualidade de vida é o melhor remédio, com o máximo de mudanças de hábito e menos medicação”.

Roberta sempre colocou como prioridade a alegria de viver e isso só é possível com autoestima e claro, uma mente ativa. A doutora enxerga a ginástica para o cérebro como uma maneira de garantir isso, a partir de atividades inovadoras, estimulantes e que façam com que os 60+ se sintam capazes de realizar e conquistar objetivos.

Roberta França enxerga no Método SUPERA essas possibilidades, uma vez que a ginástica para o cérebro prioriza a qualidade de vida e a longevidade: “Quando a cabeça vai mal, o corpo padece. A gente precisa cuidar do cérebro porque só conseguimos manter nossa autonomia quando ele funciona bem”.

A Dra. Roberta participou do evento de lançamento da campanha SUPERA “Desperte seu cérebro” no Rio de Janeiro e abrilhantou o momento com uma palestra, despertando o desejo de todos os participantes em conquistar uma longevidade saudável.

Dra. Roberta França fala com bom humor sobre envelhecimento saudável - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
Dra. Roberta França em evento com as embaixadoras SUPERA Nicette Bruno e Beth Goulart e o presidente do SUPERA, Antonio Carlos Perpétuo

“Eu espero que a gente consiga levar novos conceitos e consiga mudar a cabeça dessas pessoas que acham que o velho é descartável. O SUPERA acredita nisso, que a mente ativa faz a pessoa viver com qualidade e nós caminhamos no mesmo ideal. Sempre há tempo!”, finaliza Roberta.

Tatiana Olivetto – Assessoria de Imprensa Método SUPERA

Assessoria de Imprensa SUPERA

Supera - Ginástica Cerebral, Pratique! Curso para todas as idades

Mantenha-se atualizado.
Assine nossa Newsletter

Posts Relacionados