Como ter uma vida mais saudável e ativa em todas as idades?

Publicado em: 18/11/2021 Por Marcela Teodoro

Você provavelmente já leu outros artigos nos quais ressaltamos a importância do cuidado com o cérebro, não é mesmo?

É justamente por conhecermos seu funcionamento e as consequências do não cuidado com esse órgão tão importante que insistimos sobre a saúde cognitiva.

Nossa missão é cuidar da saúde do seu cérebro e por isso na matéria de hoje vamos falar sobre como ter uma vida mais saudável e ativa em todas as idades.

Neste conteúdo você verá: como ter uma vida mais saudável e ativa em todas as idades?

  • Nosso cérebro, os neurônios e suas ligações;
  • Quando formamos novas sinapses?;
  • Como ter uma vida mais saudável e ativa em todas as idades?

Nosso cérebro, os neurônios e suas ligações

Todos nascemos com uma quantidade de neurônios já determinada e que não aumentam, só diminuem. Graças aos neurônios realizamos uma série de tarefas, das mais simples às mais  complexas, como raciocinar ou resolver um problema.

Mas um neurônio não trabalha sozinho: ele faz uma ligação com uma rede de outros neurônios que os ajudam na realização das tarefas, esse processo é conhecido também como sinapse.

E você deve estar se perguntando: “Mas por que é importante ter sinapses?”

Para cada coisa específica que sabemos fazer existe uma combinação de ‘ligações’ diferentes.

É por meio dessa ‘conversa’ entre os neurônios que é possível responder aos estímulos do ambiente, acessar uma memória, fazer um raciocínio e até mesmo ler esse texto, traduzindo letras em palavras em milésimos de segundo sem que sequer você perceba, pois isso acontece muito rápido.  

As sinapses são importantes não só para a realização de tarefas como também para prevenção de doenças neurodegenerativas,  que tem na morte dos neurônios a sua principal causa.

Por isso é importante, ao longo da vida, fazer cada vez mais conexões responsáveis por retardar o aparecimento e amenizar os sintomas dessas doenças.

A estimulação cognitiva é uma das formas com as quais podemos nos valer para evitar que tais doenças apareçam, inclusive foi comprovado cientificamente que a estimulação cognitiva pode atrasar o Alzheimer em até 5 anos.

Quando formamos novas sinapses?

Formamos novas sinapses a cada vez que aprendemos algo novo. Isso começa lá na infância quando ao ver o rosto ou ouvir a voz de sua mãe, o cérebro do bebê ativa uma rede de sinapses específicas cuja tarefa é tornar a fisionomia e voz da figura materna reconhecíveis.

Conforme se desenvolvem, as crianças aprendem cada vez mais e com isso amplia-se também o número de novas conexões entre os neurônios.

A estimulação cognitiva e o aprendizado na infância é de extrema importância, isso porque é na infância, mais que em qualquer outra idade da vida, sobretudo dos 0 aos 3 anos, que ocorrem mais conexões neurais do que nunca.

Essas conexões são responsáveis não só pelo desenvolvimento gradual do bebê mas serão também responsáveis por determinar em grande medida a forma como será seu aprendizado, o modo como lida e soluciona um problema, e a maneira com a qual estrutura seu pensamento de forma clara e analítica. 

Como fazer novas sinapses?

Existem muitas formas com as quais você pode criar sinapses, elas acontecem, por exemplo, quando aprendemos algo novo, como já falei.

Você pode aprender um jogo novo, uma outra língua ou aprender a desenhar, essas são atividades que contribuem para a atividade cerebral e podem ser realizadas por qualquer idade.

Um outro fato interessante sobre o nosso cérebro é que quando nos habituamos a determinadas tarefas, ele já conhece os caminhos neurais, já sabe qual ligação fazer, para desempenhar essa tarefa, e acaba, com isso, entrando em piloto automático.

O que podemos fazer para criar caminhos, ou sinapses, é surpreender nosso cérebro e forçá-lo a encontrar outros caminhos para a mesma tarefa.

Para isso é interessante que você faça (sempre que possível) as atividades rotineiras de uma forma diferente, como escovar os dentes com a outra mão, esse simples gesto é responsável por melhorar a concentração, treinar a atenção e coordenação de movimentos.

Precisamos ensinar ‘novos caminhos’ ao cérebro e tirá-lo da zona de conforto.

Agora que você já entendeu a importância da sinapse para a saúde do cérebro, vamos entender como ter uma vida mais saudável e ativa.

Como ter uma vida mais saudável e ativa em todas as idades?

Uma boa noite de sono

Quem não gosta de acordar com aquela sensação de que o corpo e a mente realmente descansaram, não é mesmo? Mas para que essa disposição possa lhe ocorrer, é importante respeitar as horas de sono determinadas para garantir um dia mais ativo e produtivo, para isso trazemos as informações valiosas do blog Tua Saúde, do Dr. Gonzalo Ramirez. 

Bebê dos 0 aos 3 meses     → 14 a 17 horas por dia e noite

Bebê dos 4 aos 11 meses   → 12 a 16 horas por dia e noite

Criança de 1 a 2 anos          → 11 a 14 horas por dia e noite

Criança de 3 a 5 anos          → 10 a 13 horas por dia e noite

Crianças de 6 a 13 anos        → 9 a 11 horas por noite

Crianças de 14 a 17 anos      → 8 a 10 horas por noite

Adultos a partir dos 18       → 7 a 9 horas por noite

A partir dos 65 anos            → 7 a 8 horas por noite

Fonte: Tua Saúde

Preciso te contar que dormir não só nos proporciona mais disposição, como também ajuda a processar, armazenar e fixar as informações que recebemos ao longo do dia.

É também durante o sono que ocorre uma restauração neural, responsável por tornar melhor a memória e o funcionamento do cérebro como um todo.

A prática de esportes e exercícios físicos

Essa é uma atividade saudável e que pode ser praticada por todas as idades !

Um simples exercício físico pode proporcionar um boom de benefícios para qualquer um. Ao exercitar-se, melhoramos nossa circulação sanguínea, nosso sistema imunológico, além é claro, do bom condicionamento físico, essencial para nos manter mais ativos a cada dia.

É também durante uma atividade física que o nosso corpo libera endorfina e serotonina em maior quantidade, neurotransmissores cuja tarefa é proporcionar a sensação de bem-estar em nós. 

Além disso, estudos sugerem que pessoas mais ativas fisicamente têm menor chance de serem acometidas por doenças neurodegenerativas.

Ter o hábito de leitura

Além de nos trazer conhecimento, ampliar nosso vocabulário a leitura estimula a percepção, a memória, o raciocínio e, é claro, a criatividade.

A leitura faz com que entremos em contato com outras realidades, também torna possível entender algo sobre outro ponto de vista e ainda instiga nossa vontade de aprender, conhecer cada vez mais outras histórias.  

É também durante a leitura que novas sinapses ocorrem em regiões ligadas à visão, especialmente quando lemos um livro de ficção no qual deixamos nossa imaginação fluir. 

E vamos combinar que a sensação de tarefa concluída ao terminar um livro também é pra lá de boa, né?

Se eu fosse você daria uma conferida neste artigo onde mencionamos diversos outros benefícios que só a leitura vai te proporcionar!

Compartilhar este artigo

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Nenhum comentário ainda

Nenhum comentário para "Como ter uma vida mais saudável e ativa em todas as idades?"

Faça um comentário

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 400 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.