5 dicas para ser mais criativo

Publicado em: 25/10/2022 | Última modificação em 20/10/2023 Por Marcela Teodoro

Muito provavelmente você já encarou alguma situação desafiadora e hesitou questionando como ser mais criativo poderia ajudar a resolvê-la, não é mesmo? Esse sentimento é “normal”, isto é, comum em diferentes momentos e situações da vida. 

Contudo, o que não pode ser uma regra é você achar, de fato, que não tem criatividade nenhuma para solucionar problemas ou desenvolver novas resoluções para as coisas, seja no seu trabalho, na escola ou na sua casa.

Pensando nisso, neste conteúdo, quero te convidar a saber um pouco mais sobre o que é a criatividade, qual a importância dela e 5 dicas de como ser mais criativo. Vamos lá? Leia o conteúdo até o final! 

como ser mais criativo

O que é a criatividade?

A princípio a criatividade é definida como a habilidade de solucionar diferentes questões a partir de informações que você tem na mente.

No entanto, diferente do que alguns pensam, a criatividade não é uma habilidade ofertada somente a algumas pessoas. De acordo com Brad Hokanson, professor da Universidade de Minessota, a criatividade é parte das habilidades mentais. Ou seja, todo mundo pode ser criativo!

E, claro, para isso é preciso estimular o nosso cérebro a desenvolver soluções criativas. Então, a melhor forma de melhorar sua capacidade criativa é exercitar sua criatividade.

Qual é a importância da criatividade?

É a partir das ideias criativas que é possível avançar nas descobertas, inventar coisas novas, adaptar coisas já existentes e muito mais. Isto é, quando falamos de habilidades humanas, a criatividade é uma das mais fundamentais para o bom desenvolvimento pessoal e profissional.

A criatividade permite que as pessoas promovam mudanças – tanto para questões individuais quanto para as questões coletivas. No entanto, a criatividade, assim como outras habilidades, precisa ser constantemente exercitada.

5 dicas para ser mais criativo - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
A criatividade, assim como outras habilidades, precisa ser constantemente exercitada.

E é muito importante frisar que a criatividade não é algo exclusivo dos artistas, músicos, pintores ou cineastas, certo? A criatividade, como habilidade inerente ao ser humano, pode ser desenvolvida por todos. Pensar o oposto disso desperdiça oportunidades para exercitar a criatividade.

Quais são as melhores dicas para desenvolver o pensamento criativo nas crianças?

Ensinar às crianças como ser mais criativo nem sempre é fácil. Isso normalmente ocorre por falta de tempo, conhecimento ou disponibilidade. Contudo, algumas ações básicas podem reverter esse quadro. Saiba mais a seguir!

1. Ter contato com a natureza

A maior proximidade das crianças com a natureza, em locais como parques, estimula o potencial das crianças. É o que mostra uma pesquisa efetuada na Espanha. Esse é mais um motivo que deixa claro o quanto recursos acessíveis contribuem para desenvolver o pensamento criativo, não apenas introduzi-las nas últimas tecnologias. 

Uma das explicações para isso é que o contato com a natureza estimula a versatilidade de brincadeiras, diferentemente de espaços fechados e já direcionados. Então, mesmo se você morar em apartamentos, criar uma mini-horta, por exemplo, já ajuda a aproximar as crianças da natureza, além de ser uma atividade que estimula aprendizagem e memória.

2. Brincar de faz de conta

Outra maneira de incentivar a imaginação e a criatividade dos pequenos é com brincadeiras de faz de conta. Isto é, elas exigem que as crianças pensem em histórias para entreter os outros ou resolver conflitos. 

Logo, é importante incentivá-las a criar histórias e conhecer diversas áreas que envolvem a fantasia, como folclore, gêneros da literatura, música e do cinema. Assim, os pequenos têm mais repertório para desenvolver brincadeiras livremente, além de ser uma boa maneira de estimular a memória e a aprendizagem.

3. Movimentar o corpo

Outro jeito de estimular o pensamento criativo das crianças é com o movimento do corpo. Isso porque, muitas vezes, modelos tradicionais de educação levam os pequenos a passarem muito tempo parados na mesma posição. 

É o caso das escolas que obrigam as crianças a sentarem nas carteiras de frente para a lousa durante horas do dia semanalmente. No entanto, para que os pequenos tenham mais criatividade, é importante promover atividades que levam a movimentação do corpo. Entre elas, aulas de arte, educação física e até as de exatas, que levam os alunos para verem exemplos em campo. 

4. Ter tempo livre

É fundamental que as crianças tenham tempo livre na rotina e não sejam lotadas de atividades programadas, como aulas de dança, idioma, natação, tecnologia e muitas outras. 

Por mais que essas demandas sejam essenciais para o desenvolvimento dos pequenos, ter pouco tempo livre afeta a criatividade no processo de aprendizagem. E ainda, isso pode contribuir para o surgimento de estresse e ansiedade.

No Método SUPERA, as atividades são desenvolvidas para potencializar as funções cerebrais que dizem respeito às habilidades cognitivas e emocionais, como atenção, memória, autocontrole, disciplina e criatividade.

E como isso é feito?

Por meio de atividades lúdicas, que são realizadas por meio de atividades práticas e dinâmicas que envolvem jogos educativos e que estimulam o raciocínio lógico! 😊

Viu só? Com algumas dicas práticas para o dia a dia, você pode aprender como ser mais criativo e ir para muito além da sua zona de conforto na busca por melhores ideias e inovações para o seu trabalho, tarefas em casa ou nos estudos.

Quer aprender mais sobre o assunto? Confira outro post do blog e descubra como melhorar a capacidade cognitiva infantil!

Compartilhar este artigo

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Visualizar os 38 comentários

38 comentários para "5 dicas para ser mais criativo"

Faça um comentário

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 400 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.