5 dicas práticas para garantir um desenvolvimento saudável

Publicado em: 11/11/2021 Por Marcela Teodoro

Entenda como o hábito de algumas práticas simples pode ajudar seu pequeno a ter um desenvolvimento mais saudável.

Desde que nascemos somos todos diferentes. Algumas crianças têm mais facilidade motora enquanto outras são mais atentas visualmente. Algumas vão gostar de brinquedos redondos enquanto outras irão se divertir igualmente com objetos domésticos deixados pelo chão.

As crianças são diferentes em muitos aspectos, mas existem algumas práticas comuns que abrangem as mais diversas características e podem ser adotadas para garantir tanto o seu bem-estar físico quanto emocional. Pais e responsáveis tornam-se peças-chave nesse momento.

Neste conteúdo você verá 5 dicas para garantir um desenvolvimento saudável

  • Por que é importante ter um desenvolvimento saudável?
  • 5 dicas para um desenvolvimento saudável.

Por que é importante ter um desenvolvimento saudável?

Os primeiros anos de vida de uma criança são um dos mais importantes da vida, isso porque durante essa fase ocorre o desenvolvimento das dimensões afetivas, físicas e sociais, responsáveis, entre outras coisas, por garantir um crescimento saudável e prover benefícios permanentes para o aprendizado ao longo da vida. 

Sabemos que o processo de aprendizado começa antes mesmo da escola.

Ao nascer os pequenos não dispõem de capacidades para realizar tarefas simples, nesse sentido o papel dos responsáveis torna-se fundamental para que, aos poucos, possam aprender a falar, andar, pegar objetos de seu interesse e responder aos estímulos do ambiente de maneira mais ampla.

Esse processo pode e deve ser mediado por boas práticas de desenvolvimento mediadas pelos pais e responsáveis durante o crescimento.

Quer saber quais são? Continue a leitura e confira!

Brincar

Quando ouvimos a palavra brincar é automático fazermos uma associação direta com o universo infantil.

Além de prazerosa, essa é uma das melhores atividades para o processo de desenvolvimento infantil, afinal é brincando que se aprende.

Durante a brincadeira a criança estimula o autoconhecimento pois aprende a conhecer suas preferências, suas limitações, seus medos, a conhecer o outro e também estimula as capacidades de coordenação motora, atenção, memória e, principalmente, a imaginação!

Estar em contato com a natureza

E por que não aliar a brincadeira à natureza?

Você provavelmente tem boas lembranças de tardes que passou brincando na terra, recolhendo galhos em forma de garfo para mexer uma mistura de água, barro e grama ou gostava de subir em árvores para pegar frutos.

Esse contato com a natureza é tão importante que ao ler o trecho acima certamente uma recordação veio a sua memória.

O contato com a natureza é extremamente benéfico não só para os adultos, mas principalmente para as crianças.

Além de se diferenciar e muito da dinâmica infantil atual, marcada pelo uso dos dispositivos móveis e televisão, essa atividade traz experiências mais ativas do que quando comparada a assistir algum desenho, ampliando seus sentidos físicos, como a coordenação motora, audição e visão, e o aprendizado, algo que, em uma fase em que tudo é motivo de pergunta, pode fazer com que conheçam todos, ou quase todos os insetos de um ambiente.

Fora isso, estar em ambientes abertos como parques, praças e locais verdes combate os sintomas da depressão e obesidade.

Ter atenção e diálogo

Crianças não só perguntam a todo momento como também tem muito a dizer, e é fundamental ter alguém para que possam fazer isso.

Sabemos que com uma rotina de trabalho cada vez mais intensa é comum que as crianças passem o dia todo na escola.

Embora essa seja uma necessidade de muitos, é importante também dedicar um tempo do seu dia para dar atenção ao seu filho e estabelecer momentos de diálogo.

Assim como em nosso ambiente de trabalho, a escola pode ser um ambiente estressante, onde muitas coisas acontecem, e é claro que eles querem nos contar tudo, caso isso não aconteça você deve ficar atento também.

Além de se sentirem seguros afetivamente, é no diálogo que as crianças expressam suas emoções, medos e inseguranças.

É importante estar por dentro de tudo tanto para garantir que os pequenos entendam que podem compartilhar tudo quanto para estar certo de que nada fora do habitual seja do seu desconhecimento.

Ter uma alimentação saudável

Uma alimentação saudável é essencial para o desenvolvimento infantil, isso porque ajuda a combater doenças, auxilia no aumento da imunidade, além de ser fonte de vitaminas e minerais que o corpo necessita para se desenvolver de forma plena.

Alguns alimentos são conhecidos por representarem uma verdadeira ameaça aos responsáveis, sobretudo os ultraprocessados, cujo valor nutricional é insuficiente, em muitos casos, inexistente. os chocolates, salgadinhos, doces e balas devem ser consumidos de maneira equilibrada.

Ensine seu filho(a) a importância dos alimentos naturais, existem bons recursos que podem garantir isso.

Estimule a participação da criança levando-a, quando possível, ao supermercado para que tenham contato com a vasta diversidade de alimentos que a mãe natureza proporciona.

Alguns pais adotam lema que as crianças repetem em casa e até para alguns amigos, como “quanto mais colorido o prato, melhor”, adote um lema com ele também!

Com isso ele saberá escolher as opções mais saudáveis quando você não estiver por perto.

Há boas práticas que você pode adotar na hora das refeições:

  • Procure ter todos à mesa no horário das refeições;
  • Evite o uso de celular e outras distrações (é muito comum alguns pais e responsáveis distraírem as crianças para que não vejam os brócolis ou algum legume os quais exibem certa resistência em ingerir, mas lembre-se que o diálogo é sempre o melhor caminho, não economize tempo para explicar a importância de certos alimentos);
  • À medida que seu pequeno demonstrar capacidade, deixe que ele coma sozinho, você estará contribuindo muito para a autonomia dele;
  • Esse também pode se tornar um bom momento de estabelecer diálogo e afetividade entre a família.

Ter uma rotina

Pode parecer estranho, mas a rotina também contribui para o desenvolvimento saudável das crianças.

Além de experienciar e incorporar as regras e dinâmicas de convivência familiar e da sociedade de maneira geral, as crianças também aprendem a se tornar mais autônomas e reconhecer os limites, algo extremamente importante para ser trabalho já na infância.

É importante que os pequenos saibam que existe um tempo para brincar, para recolher e organizar os brinquedos, para comer e tomar banho, isso os torna responsáveis e mais inclinados a tomar decisões, tanto no momento presente quanto futuro.

Compartilhar este artigo

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Nenhum comentário ainda

Nenhum comentário para "5 dicas práticas para garantir um desenvolvimento saudável"

Faça um comentário

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 400 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.