Alimentos para o cérebro: como melhorar o desempenho da memória

Publicado em: 08/08/2019 Por Assessoria de Imprensa SUPERA

Hoje, uma das maiores preocupações dos 60+ está relacionada com a preservação da memória no envelhecimento. Vamos introduzir o tema: alimentos como facilitadores de otimização do desempenho das habilidades mentais. Sabe-se que aqueles que vivem apresentando “brancos” e esquecimentos também podem estar se esquecendo de consumir alguns alimentos essenciais. Afinal, um cérebro afiado também depende de uma dieta especial.

Alimentos para o cérebro: como melhorar o desempenho da memória - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
Conheça os nutrientes e alimentos que auxiliam no bom funcionamento do cérebro e memória

Em estudo de 2009, Scarmeas relatou que os idosos com adesão alta a uma dieta rica em vegetais, minerais e com a inserção de atividade física semanal, apresentaram uma redução de 40% no risco de desenvolver Doença de Alzheimer. Adicionalmente, estudos que avaliaram a ingestão dietética de nutrientes ricos em vitamina E, vitamina B12, folato e óleos de peixe documentaram efeitos neuroprotetores, ou seja, uma prevenção do declínio cognitivo.

E então, vamos conhecer alguns nutrientes importantes para o funcionamento do nosso cérebro?

Colina: vitamina importante que faz parte do complexo B; facilita a comunicação entre os neurônios. Substância essencial para a formação de membranas celulares e que serve como fonte de energia para o nosso cérebro, uma vez que participa da construção da membrana de novas células cerebrais e na reparação daquelas já lesadas. A colina é fundamental na composição da membrana gordurosa que reveste os neurônios. Onde encontramos colina? Na gema de ovo; nos grãos minerais como arroz, centeio, gérmen de trigo, feijão e soja; e também nos peixes.

2019Supera e você na Disney

Fisetina: Composto orgânico envolvido nos processos de crescimento, desenvolvimento e reprodução dos organismos. Estimula a formação de conexões neuronais novas e muito mais fortes. Induz à diferenciação ou amadurecimento das células do sistema nervoso que potencializam a formação de memória por longo prazo. Permite que as memórias sejam armazenadas no cérebro ao estabelecer ligações mais fortes entre os neurônios! Onde encontramos fisetina? Principalmente nas frutas: morango, pêssego, uva, kiwi, tomate, maçã e também no espinafre e na cebola.

Fosfatidilserina: Nossa, que nome complicado, não? Mas vejam a sua importância. É uma substância lipídica que está presente na membrana de todas as células cerebrais. Garante que haja boa comunicação entre as células, garantindo um bom funcionamento cerebral. Auxilia a reduzir os níveis de cortisol, diminuindo seu impacto negativo sobre o cérebro. Sabiam que o cortisol é considerado o hormônio do “stress”? O excesso de cortisol é prejudicial para o processo de consolidação da nossa memória. Onde encontramos fosfatildilserina? Nas carnes, fígado, coração de frango, mas também no atum e no bacalhau; além da cenoura, batata, arroz integral. Portanto, quem é vegetariano também tem suas fontes de fosfatidilserina.

Selênio: Uma outra informação importante é sobre o consumo de alimentos ricos em selênio. Em estudo recente realizado na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP-USP), constatou-se que o consumo de duas castanhas do Pará por dia em idosos com comprometimento leve da memória auxiliou como potencializador do desempenho das habilidades mentais. Aonde encontramos selênio? Sabe-se que a castanha do Pará é um dos alimentos com a maior concentração de selênio dentro do universo dos alimentos naturais. Por isso fica a orientação, consumir duas castanhas do Pará por dia tem benefícios comprovados por meio de estudos científicos.

Vitamina E– Diversos estudos chamados de epidemiológicos tem relatado que o consumo de alimentos ricos em vitamina E serve como proteção no declínio de memória em idosos. A vitamina E tem uma função chamada antioxidante; esta função indica que substâncias tóxicas, serão eliminadas. Um exemplo de substâncias combatidas pela vitamina E seriam os radicais livres, que podem causar danos às células. A longo prazo, sabe-se que a ausência desta vitamina na corrente sanguínea tem se associado com o desenvolvimento de doenças neurológicas como a Doença de Alzheimer. Aonde encontramos vitamina E? A maior concentração da vitamina ocorre nos alimentos oleaginosos, como óleo de cártamo, óleo de girassol, avelã seca e torrada e amendoim.

Como você viu neste texto, hábitos saudáveis como uma alimentação balanceada auxiliam no melhor desempenho de memória. Então comece realizando adaptações – de preferência com orientação profissional especializada – e nutra o seu cérebro. Afinal, um cérebro nutrido garantirá autonomia e independência ao longo do processo de envelhecimento. Acompanhe os próximos textos sobre este assunto que abordaremos novidades!

Alimentos para o cérebro: como melhorar o desempenho da memória - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
Thais Bento Lima é gerontóloga e colunista do SUPERA Ginástica para o Cérebro
Compartilhar este artigo
  • LinkedIn
  • Share

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Visualizar os 37 comentários

37 comentários para "Alimentos para o cérebro: como melhorar o desempenho da memória"

Faça um comentário

  • Valdete Lacerda de Oliveira Agapito disse:

    Tenho retinose pigmentar avançado nos dos dois lados, já tenho retinose nos dos olhos. Já faço aulas a mais de de três anos. Moro em Brasília . Gostaria de ajuda. Enxergo muito pouco, tenho muita dificuldade , Tenho apenas a vizi

  • Eleane disse:

    Ótimas informações. Quanto a vitamina E, qual a quantidade de amendoim ou amêndoas secas por dia? Pode ser consumido juntamente com as 2 castanhas do Pará ou devemos alterna-los ?

  • Margarida SEVERINO DOS REIS disse:

    Muito importante essas dicas, podendo melhorar muito nossa saude, OBRIGADA

    1. Jailson disse:

      Tenho uma dificuldade imensa de aprender as coisas e decorar até mesmo o raciocínio muuuuito lento não sei o que faço.

      1. Evandir I Customer Service I Método SUPERA disse:

        Olá, Jailson. Tudo bem com você?
        Vamos mudar isto! Venha agendar uma aula experimental gratuita.

        Basta clicar no link ao lado : https://metodosupera.com.br/desperte-seu-cerebro-supera/

  • Aurenice dos Santos Gonçalves disse:

    Esse artigo é muito proveitoso, pois assim, nós dos sessenta mais podemos selecionar os alimentos que de fato nos fará envelhecer sem nos preocupar com o ALZHEIMER.São alimentos fáceis de encontrar para consumo. Obrigada pele informação.

  • Terezinha Vieira Borges disse:

    Gostei muito da reportagem porque, embora seja um conteúdo encontrado em livros, revistas, foi escrita de forma simples , clara e bem completa !
    Fala sobre o que é, o que ajuda em nosso organismo e onde encontra – los ! Gostei bastante ! Parabéns Supera, sempre me surpreendendo!
    Faço Supera a um ano e pouco , me ajuda muito , tirando algumas falhas !

  • Maria Inês de Oliveira Forte disse:

    Gostei do artigo e das informações que ele contém. Vai ser de grande valia para mim. É tudo o que eu preciso para melhorar a minha memória e concentração. Esqueço muito fácil, onde deixo: chaves, documentos e os meus óculos. É muito chato e desgastante passar por isso todo dia. Aprendi agora o que fazer: ingerir alimentos mais saudáveis em minhas refeições. Obrigada pela dica.

  • Silvia dos Santos disse:

    Bom dia obrigada pelo envio. Os seus conteúdos são muito importantes. Compartilho e penso que envio um benefício a cada compartilhamento. Os alimentos sem agrotóxicos seriam os ideais para a humanidade. Se todos tivéssemos acesso a eles a saúde seria melhor e o uso de remédios praticamente diminuiria. Continuem fazendo o bem, divulgando coisas boas.

  • Lourdes disse:

    Gostaria de saber se todos esses alimentos para o cérebro podem ser consumidos em cápsulas.

  • Cândida Aires de Araújo disse:

    Excelente informações! As quais vão me servir bastante para seguir as regras corretas da alimentacão, em proteção ao cerebro, mimória,. e ter uma melhor qualidade de vida.

  • Anita Vespoli Dos Santos disse:

    Muito importante as dicas de alimentação para mim. Agora sei como e quais alimentos devo comer. Muito obrigada.

  • Maria Christina Alves Nahum disse:

    Excelente abordagem! Esclarecedora! Informação objetiva, pois indica o alimento que supre as necessidades do nosso cérebro. Ótima divulgação! Obrigada.

  • Rosemeri Secco disse:

    Parabéns!!!!
    Adoro o tema Alimentação x Melhorar o desempenho da Memória.
    Gostaria de obter mais informações , pois, já estou com 61 anos e quero garantir a longevidade de minha Memória TB .
    Obrigada!!!

  • Solange Gomes disse:

    Dou nota 10 para o artigo muito esclaredor e reune praticamente tudo sobre o assunto .

  • maria de lourdes disse:

    muito bom mesmo , uma forma de orientar as pessoas

  • Vânia Mota de Oliveira disse:

    Amei tenho histórico de ozaime na família já vou me prevenir

  • Regina Araujo Santos Darsie disse:

    Dicas muito importantes Obrigada. Vou tentar incluir os alimentos que estimularão minha capacidade de memória.

  • Lourdes pinto disse:

    Muito bom a orientação com os respectivos alimentos ricos em vitaminas e sais minerais pra mim vou adotar com muito prazer.

  • Zilda V.S.Busa disse:

    Parabéns, Supera!!!
    Amei o artigo… embora com os meus 70 anos, sinto que tenho muito ainda a aprender pra cuidar melhor da minha saúde e da minha família.
    Conheci o Supera através da querida Nicette Bruno e Beth Goulart, pela Internet. E me matriculei há dois meses.
    Gratidão!!!

  • Ana Carolina Pessoa Caldas disse:

    Excelente a iniciativa do Método Supera de tornar mais acessível qualquer informação sobre alimentação aos idosos. Tenho 63 anos e aproveito toda a informação que chega até mim.
    Obrigada.

  • MARIA DO SOCORRO DA COSTA COELHO disse:

    Agradeço a oportunidade de receber o email com importante matéria sobre a dieta alimentar. Assunto relevante uma vez que ingerido os alimentos contendo as vitaminas indicadas ajudam na preservação da memória. Eu desconhecia o benefício de pelo menos a metade dos alimentos indicados.
    Grta pelo aviso de utilidade pública

  • Teresa disse:

    COMO E BOM RELEMBRAR AS COISAS BOAS!!!
    MUITO OBRIGADA!

  • Lucia Santos Araújo disse:

    Ótimas dicas!!

  • Sonia AparecidaConde e disse:

    Achei ,muito bom e gostaria de saber mais !

    1. Evandir I Customer Service I Método SUPERA disse:

      Uhuuul, que bom que gostou!

      Para receber sempre nossas news basta se cadastrar nesta pagina:

      https://cadastro.metodosupera.com.br/cadastro-news

  • Veraverabrasfarias@yahoo.com.br disse:

    Gostei do artigo sobre alimentos bons para manter o cérebro saudável.

    1. Evandir I Customer Service I Método SUPERA disse:

      Uhuuul, que bom que gostou!

      Para receber sempre nossas news basta se cadastrar nesta pagina:

      https://cadastro.metodosupera.com.br/cadastro-news

  • Elizeth Souza disse:

    Muito instrutivo

    1. Evandir I Customer Service I Método SUPERA disse:

      Uhuuul, e que tal uma aula experimental gratuita?

      Basta se cadastrar aqui: https://metodosupera.com.br/desperte-seu-cerebro-supera/

      E respondendo a sua pergunta, durante este período de pandemia estamos realizando aulas tanto presenciais quanto remotas. 🙂

  • Alessandra Cristina de Oliveira disse:

    Adorei o conteúdo. Vou mudar alguns alimentos da minha dieta e associar esses.
    Tenho na família, casos de alzaimer.Minha mãe teve muito precose,com 60banos. E não quero ficar assim..
    Obrigada!!

  • Yara Alves Vilhena disse:

    Gostei achei interessante nós pessoas não ligada a área da Saúde ter esse tipo de orientação para preservarmos a saúde do nosso cérebro muito obrigada

  • Jailson disse:

    Tenho uma dificuldade imensa de aprender as coisas e decorar até mesmo o raciocínio muuuuito lento não sei o que faço.

    1. Evandir I Customer Service I Método SUPERA disse:

      Olá, Jailson. Tudo bem com você?
      Venha agendar uma aula experimental gratuita.

      Basta clicar no link ao lado : https://metodosupera.com.br/desperte-seu-cerebro-supera/

  • Nazareth Motta disse:

    Excelentes informações

  • Kryz disse:

    Amei o conteúdo.
    O uso da palavra “aonde” não está correto, seria “onde”.

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 400 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.