4 dicas para descansar o cérebro e começar o ano com as energias recarregadas

Publicado em: 23/12/2020 Por Marcela Teodoro

Eu tenho certeza de que você já se pegou pensando, em um dia qualquer, que alguns dias deviam ter 48h ou 72h horas para que você conseguisse fazer tudo – e mais um pouco – do que queria, não é?

Mas hoje quero que você dê uma pausa e pare para refletir sobre a importância do descanso para o cérebro humano. Afinal, é importante recarregar as energias para garantir bom desempenho naquilo que você já está acostumado a fazer e para encarar novos desafios.

Neste conteúdo, vamos falar um pouco mais sobre:

  • A importância do descanso para o cérebro;
  • Quais os impactos da falta de descanso para o cérebro;
  • 5 dicas para relaxar e recarregar as energias.

A importância do descanso para o cérebro

No dia a dia, o cérebro é colocado frente a diferentes desafios para resolver questões em casa, no trabalho ou nos estudos. E, cada vez mais, a rotina tem exigido múltiplas habilidades e tarefas a serem desempenhadas, o que faz com que o cérebro precise se esforçar – e muito – para “dar conta” de tudo.

Em relação a isso, Patrícia Lessa, Diretora Pedagógica do SUPERA, faz um importante apontamento ao dizer que “é comum ouvirmos as pessoas dizerem que estão ‘precisando de férias’. Isso nada mais é do que uma verbalização do que o corpo está pedindo: uma desaceleração das tarefas, uma mudança de rotina para que ele possa trabalhar mais e melhor. É algo que acontece de forma inconsciente, mas que faz todo sentido quando pensamos em períodos como o fim de um ano.”

Uma coisa é fato: não somos robôs. E compreender isso é importante para perceber que, mesmo em meio a tantas tarefas do dia, nós precisamos de pausas para conseguir desempenhar as diferentes tarefas que são exigidas diariamente.

Em artigo para o SUPERA, a neurocientista Suzana Herculano Houzel, pontuou que “pensar cansa”, ou seja, o cérebro reage aos estímulos de forma intensa, quando necessário, mas ele também se esgota quando é incitado o tempo todo a uma determinada tarefa – e é aí que entra a importância de descansá-lo.

Ela ainda completa que “o aspecto curioso do cansaço do cérebro é que ele é específico para aquelas partes que estavam trabalhando intensamente de fato. Então, se você passa muito tempo fazendo contas de cabeça, você esgota a sua capacidade de lidar com números, mas você é totalmente capaz de sair dali e ir tocar piano, ou ir ler um livro, ou fazer alguma atividade que exija a atuação de outros sistemas do seu cérebro.”

Mesmo que você goste muito de tudo o que você faça, seja no trabalho, em casa ou nos estudos, chega um momento em que nem o corpo e nem a mente conseguem realizar muitas funções o tempo todo, porque o cansaço chega – e, às vezes, a exaustão também, o que não é nada benéfico para ninguém.

Quais os impactos da falta de descanso para o cérebro

O cérebro executa muitas atividades o tempo inteiro, com o objetivo de reagir a diferentes circunstâncias do dia a dia. Seja para quais forem as necessidades das pessoas ele sempre está a postos para responder aos estímulos da melhor forma possível.

Mas, assim como o seu corpo também precisa de descanso após um dia intenso, o seu cérebro também precisa de momentos para “desligar” e recarregar as energias.

O cérebro fica “em alerta” o dia todo para corresponder às necessidades exigidas pelo dia a dia, se esforçando para te ajudar a solucionar diferentes atividades e tarefas cotidianamente; e é preciso saber a hora de parar um pouco para que ele possa recarregar suas energias e manter suas conexões organizadas.

De acordo com o neurologista da Faculdade de Ciências Médicas da USP, Li Li Min, em entrevista à Nova Escola, trabalhar ou estudar exaustivamente leva o cérebro a se sentir pressionado e tenso o tempo inteiro, o que prejudica algumas funções que são muito úteis para a manutenção da sua saúde e do funcionamento do seu cérebro.

Ele aponta que “alguns circuitos particulares no cérebro são ativados, que são os de sobrevivência. O corpo fica de prontidão, alerta para enfrentar qualquer situação. Só que esse é um estado que você precisa ativar e desativar.”

Além disso, complementa a questão pontuando: “se você fica muito tempo nessa tensão, o seu organismo e o seu cérebro não conseguem voltar ao estado normal. Ligado nesse circuito de estresse, ele não consegue ativar as funções de criatividade ou elaboração, porque está focado na sobrevivência. Esse é um conflito perigoso.”

5 dicas para relaxar e recarregar as energias

Agora eu acredito que você já tenha entendido um pouco mais sobre a importância de proporcionar ao seu cérebro alguns momentos de relaxamento e descanso para que ele possa fazer a manutenção de suas atividades de forma eficiente e natural, não é?

Então, para “desligar o cérebro” um pouco das preocupações e conseguir relaxar nessa reta final de ano, confira 4 dicas que podem te ajudar a descansar a mente para garantir que você possa passar os dias com mais leveza:

  • Faça caminhada

Praticar exercícios físicos é muito importante para manter a saúde do corpo e da mente. Um estudo publicado pela Associação Americana de Psicologia apontou que fazer caminhada aumenta o pensamento criativo das pessoas. Ou seja, caminhar é uma ótima forma de descontrair – e você ainda ajuda o seu cérebro a fazer conexões para estimular sua criatividade.

  • Faça passeios pela natureza

De acordo com Florence Williams, a natureza ajuda a acalmar e descansar. É o que diz sua publicação The Nature Fix. Estar em contato com a natureza, segundo pesquisadores, auxilia na melhora dos estados fisiológicos e psicológicos mais relaxantes.

  • Durma bem

Com as férias chegando, é importante lembrar que dormir é um fator muito importante para que o cérebro possa repousar e estabelecer importantes funções para o funcionamento do seu organismo e das conexões feitas por ele.

  • Pratique seus hobbies

Durante o ano todo, você tem muitas obrigações a cumprir e isso pode te levar a estados de tensão e exaustão. Durante o seu período de descanso, procure se desligar de tudo o que pode te expor a situações de tensão. Dedique-se às coisas triviais que você gosta de fazer e te dão prazer. Pratique um esporte, jogue um jogo, compartilhe momentos com as pessoas que você gosta e aproveite um tempo só para você!

As dicas são muito simples e, também, eficazes para a sua saúde! Espero que você goste do conteúdo e aproveite os seus momentos de descanso da melhor forma possível.

Compartilhar este artigo
  • LinkedIn
  • Share

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Nenhum comentário ainda

Nenhum comentário para "4 dicas para descansar o cérebro e começar o ano com as energias recarregadas"

Faça um comentário

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 400 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.