13 de julho: 5 estrelas do rock que brilharam nos estudos

Publicado em: 13/07/2021 | Última modificação em 19/08/2021 Por Marcela Teodoro

Hoje, dia 13 de julho, é celebrado o Dia Mundial do Rock. A data foi instituída para relembrar o dia em que foi realizado o festival Live Aid, que teve como principal objetivo arrecadar fundos para colaborar no alívio da fome em países africanos, e ocorreu simultaneamente na Filadélfia, nos Estados Unidos, e Londres, no Reino Unido, e foi transmitido pela televisão para pessoas do mundo todo.

Recheado de lendas e algumas histórias meio bizarras, a trajetória de diferentes personalidades desse estilo musical também se cruzam com um tema pouco falado: a vida acadêmica dos ídolos do rock.

Neste conteúdo, vamos falar sobre um lado de algumas estrelas pouco conhecido pelo público geral! Você sabia que alguns ícones do estilo se formaram em excelentes universidades e chegaram a se especializar em assuntos bastante complexos?

Pois é… As habilidades dos cérebros dos astros do rock vão muito além da música! Continue lendo até o final para conferir.

Brian May — Queen

Quando falamos nesta banda, o nome que vem à mente de muita gente é o do vocalista Freddy Mercury. Porém, ela tinha um guitarrista igualmente brilhante!

Ele se formou em Física pelo Imperial College London em 1968 e continuou estudando até iniciar o doutorado em 1971. A partir daí, a banda começou a fazer muito sucesso e os estudos ficaram em segundo plano, até que em 2007 ele recebeu o título de doutor em astrofísica pela mesma instituição, com uma tese de 48 mil palavras sobre a formação de nuvens de poeira no espaço.

Tom Morello – Rage Against the Machine

Mais um guitarrista para a nossa relação! O autor de riffs famosos do rock em músicas como “Bulls on Parade” se formou com honras (o que significa com destaque pelo seu bom desempenho) a graduação em Ciência Política pela Universidade de Harvard.

Sterling Morrison – Velvet Underground

O guitarrista e baixista de uma das bandas de rock mais influentes dos anos 60 conheceu Lou Reed – vocalista – enquanto ambos estudavam Língua e Literatura Inglesa.

Eles interromperam os estudos com o sucesso da banda e, quando ela acabou em 1971, Morisson concluiu sua graduação e iniciou o doutorado em Literatura Medieval na University of Texas at Austin.

Greg Graffin – Bad Religion

O fundador, vocalista e principal compositor do grupo tem um Ph.D em Zoologia pela Universidade Cornell. Além disso, em 2009, ele deu aulas na University of California.

Em 2011, uma nova espécie de pássaro extinto foi descoberta e chamada Qiliania graffini, em homenagem ao músico, por todas as suas contribuições à biologia evolutiva.

Bom, parece que não só nos palcos algumas estrelas brilharam, não é mesmo?! Agora é só dar um play naquele álbum que você gosta e curtir o finalzinho do dia!

Compartilhar este artigo
  • LinkedIn
  • Share

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Nenhum comentário ainda

Nenhum comentário para "13 de julho: 5 estrelas do rock que brilharam nos estudos"

Faça um comentário

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 400 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.