Quarentena? Veja neuróbicas para fazer com seus filhos em casa

Publicado em: 18/03/2020 Por Assessoria de Imprensa SUPERA

Para evitar a progressão do Coronavírus, uma série de precauções e medidas têm sido tomadas em todo o país. Entre eles, o isolamento social. Com mais tempo em casa, atividades de exercícios para o cérebro – como neuróbicas – podem ser uma boa pedida, para manter as habilidades cognitivas e garantir momentos divertidos e relaxantes.

Quarentena? Veja neuróbicas para fazer com seus filhos em casa - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
Na quarentena, exercícios para o cérebro – como as neuróbicas – são alternativas para fazer com os filhos em casa; saiba mais sobre essas atividades.

O cérebro é submetido diariamente a múltiplas tarefas que exigem muitos esforços. Sair da zona de conforto garante que o cérebro realize desenvolve habilidades como memória, raciocínio lógico, atenção, criatividade – isso tudo devido à capacidade de neuroplasticidade cerebral.

“A ginástica para o cérebro ativa as conexões entre os neurônios, que nós chamamos de sinapses. Assim, conquistamos uma rede de neurônios mais forte e robusta, fazendo com que as habilidades sejam desenvolvidas com base no conceito de neuroplasticidade cerebral, ou seja, a capacidade que o cérebro tem de se modificar de acordo com estímulos”, diz Solange Jacob, Diretora Acadêmica do Método SUPERA, rede de escolas de ginástica para o cérebro.

Portanto, atividades que ativam o cérebro e garantem momentos divertidos e estimulantes são uma alternativa para aqueles que querem sair da zona de conforto, sem sair de casa.

Atividades estimulantes para o cérebro na quarentena

É possível manter o cérebro ativo durante o período de reclusão social, com atividades prazerosas e relaxantes. Veja abaixo as dicas de Solange Jacob, Diretora Acadêmica do Método SUPERA, rede de academias de ginástica para o cérebro:

Jogos – Essa dica vale tanto para as crianças quanto para os adultos. Jogos de raciocínio também são estimulantes como o sudoku, que desenvolve o raciocínio, o Tangram, que estimula a percepção viso-espacial e jogos de tabuleiro, que promovem a interação entre os participantes, estimulam a memória e a agilidade de raciocínio. Na prática da ginástica cerebral, a prática de jogos educativos estimula as habilidades cognitivas e socioemocionais dos alunos de todas as idades.

Dança – A atividade traz inúmeros benefícios para o cérebro, principalmente para os idosos. De acordo com estudos, dançar tem o efeito de frear ou até mesmo reverter o declínio das capacidades físicas e mentais naturais da idade.

Alimentação – Durante o período de reclusão, temos mais tempo livre. Por que não aproveitar esse tempo para se alimentar melhor? Tomar um café da manhã reforçado, por exemplo, é essencial para o bom funcionamento do cérebro. Você pode incluir ovos, já que a gema é rica em colina, relacionada à memória e oleaginosas, ricas em vitamina E, que ajudam a diminuir o declínio cognitivo com a idade.

Neuróbicas – Essas atividades fazem parte das aulas de ginástica para o cérebro do Método SUPERA e funcionam como “aeróbica para os neurônios”. Elas consistem em tirar o cérebro da zona de conforto, fazendo as tarefas comuns do cotidiano de um jeito diferente. Isso faz com que os neurônios tenham que encontrar outro caminho para realizar a mesma atividade. “As neuróbicas estimulam padrões de atividade neurais que criam conexões entre as diferentes áreas do cérebro e fazem com que as células nervosas produzam nutrientes naturais do cérebro”, explica Solange Jacob.

Conheça algumas neuróbicas que podem ser feitas em casa, que podem proporcionar momentos descontraídos em família durante a quarentena:

  • Ande pela casa de trás para frente
  • Vista-se de olhos fechados;
  • Tome banho no escuro ou inverta a ordem;
  • Veja fotos de cabeça para baixo e tente observar cada detalhe
  • Veja as horas num espelho; use o relógio de pulso no braço direito (ou no braço esquerdo, se for canhoto)
  • Decore uma palavra nova de outro idioma por dia
  • Monte um quebra-cabeça e tente encaixar as peças corretas o mais rapidamente que conseguir, cronometrando o tempo.
  • Experimente memorizar aquilo que precisa comprar no supermercado ao invés de elaborar uma lista.
  • Ouça as notícias na rádio ou na televisão quando acordar. Durante o dia, escreva os pontos principais de que se lembrar.
  • Ao ler uma palavra, pense em outras cinco que comecem com a mesma letra.
  • Escove os dentes ou escreva em uma folha de papel com a mão contrária da de costume

Tatiana Olivetto – Assessoria de Imprensa e Método SUPERA

Compartilhar este artigo
  • LinkedIn
  • Share

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Visualizar os 3 comentários

3 comentários para "Quarentena? Veja neuróbicas para fazer com seus filhos em casa"

Faça um comentário

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 400 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.