Doenças Crônicas não Transmissíveis: prevenção contínua à COVID-19

Publicado em: 27/12/2021 Por Assessoria de Imprensa SUPERA

Você já ouviu falar no termo DCNTs? O DCNTs é a sigla para o termo Doenças crônicas não transmissíveis, elas incluem cinco grupos de doença de maior relevância em pessoas adultas: sendo elas as doenças cardiovasculares, as doenças respiratórias crônicas, as doenças oncológicas, o diabetes mellitus tipo I e II e as condições mentais e neurológicas. As DCNTs são a principal causa de morte e incapacidade em todo o mundo. E por este motivo precisamos falar mais sobre elas. Afinal o nosso objetivo enquanto estudiosos da área do envelhecimento e da saúde da pessoa idosa, é que a população atinja uma maior longevidade, com saúde e autonomia.

Doenças Crônicas não Transmissíveis: prevenção contínua à COVID-19 - SUPERA - Ginástica para o Cérebro

Neste sentido, saiba que os principais fatores de risco evitáveis para as doenças crônicas não transmissíveis são: o tabagismo, a alimentação inadequada, o consumo abusivo de álcool, o sedentarismo e a poluição do ar. Dados da última pesquisa Vigitel, realizada pela Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde ao longo de 2019, mostram um cenário preocupante:

  • 24,5% da população brasileira tem diagnóstico de hipertensão
  • 7,4% tem diagnóstico de diabetes
  • 9,8% dos adultos são fumantes
  • 55,4% dos adultos tem excesso de peso
  • 20,3% são obesos
  • 44,8% não alcançaram um nível suficiente de prática de atividade física
  • 18,8% fizeram uso abusivo de álcool nos 30 dias antecedentes à pesquisa

            Fazendo uma correlação com o momento atual de pandemia, mesmo que agora com um menor índice de infecções, sabe-se que as doenças como hipertensão arterial, diabetes mellitus tipo I e II, doenças respiratórias e doenças cardiovasculares principalmente se não controladas adequadamente, são associadas de acordo com estudos recentes, a um maior índice de infecções, à maior severidade e riscos de mortalidade por COVID-19. Devido, principalmente, à transição demográfica e epidemiológica no Brasil. Esse cenário exige cuidados com a adesão ao tratamento adequado, como: utilização correta dos medicamentos, prática de exercícios físicos, adesão à uma dieta balanceada, e prática de cuidados sanitários principalmente, para o público 60+.

Doenças Crônicas não Transmissíveis: prevenção contínua à COVID-19 - SUPERA - Ginástica para o Cérebro

Por fim destacamos a importância do poder público, para a prevenção de agravos à saúde, sendo importante a garantia e a implementação de políticas públicas comprovadamente eficazes para controlar os fatores de risco das DCNTs. assim como o da Sars-Cov 2 dentre elas, incluem-se políticas como a tributação de produtos não saudáveis, a adoção de um modelo de rotulagem adequado dos alimentos, a proibição da publicidade de álcool, políticas para estimular a mobilidade urbana ativa, o incentivo para uma alimentação balanceada e saudável e a prática de exercícios físicos.

Deixamos aqui algumas questões reflexivas de autocuidado, para que mantenha a sua saúde preservada. Você está se prevenindo contra o COVID-19? Está cuidando adequadamente do manejo e prevenção do seu problema de saude? Segundo o Ministério da Saúde,  para se proteger de forma não farmacológica é necessário manter o distanciamento social, fazer a higienização das mãos, utilizar de forma correta a máscara, limpar e desinfetar os ambientes e isolar os casos suspeitos e confirmados, como também a imunização é essencial para o controle da pandemia e proteção da população. Por isso não deixe de fazer a sua parte, vacine-se e não se aglomere neste período de festas de final de ano e de férias.

Doenças Crônicas não Transmissíveis: prevenção contínua à COVID-19 - SUPERA - Ginástica para o Cérebro

Assinam este artigo

Kalita Taynara Dirchsen

Estudante de Graduação do curso de bacharelado em Gerontologia pela Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo, Estagiária da USP60+, atuou através do Programa Unificado de Bolsas (PUB) no projeto LabEduca60+ e Integrante do Programa Pesquisa indicadores de vacinação em idosos com comorbidade 80+ (PIVIC80+).

Profa. Dra. Thais Bento Lima-Silva

Gerontóloga formada pela Universidade de São Paulo-USP. Docente do curso de Graduação em Gerontologia da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH-USP), Coordenadora do curso de pós-graduação em Gerontologia da Faculdade Paulista de Serviço Social (FAPSS), pesquisadora do Grupo de Neurologia Cognitiva e do Comportamento da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e diretora científica da Associação Brasileira de Gerontologia (ABG). Membro da diretoria da Associação Brasileira de Alzheimer- Regional São Paulo. Diretora científica da Associação Brasileira de Gerontologia (ABG). É assessora científica e consultora do Método Supera.

Interessante não é mesmo? Clique AQUI e agende sua aula grátis no SUPERA!

Compartilhar este artigo
  • LinkedIn
  • Share

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Nenhum comentário ainda

Nenhum comentário para "Doenças Crônicas não Transmissíveis: prevenção contínua à COVID-19"

Faça um comentário

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 400 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.