Neuroplasticidade: Como manter a mente afiada no envelhecimento?

Publicado em: 28/03/2024 | Última modificação em 02/04/2024 Por Assessoria de Imprensa SUPERA

Você quer manter a mente afiada no envelhecimento? Para atingir esse objetivo, precisamos saber como promover a neuroplasticidade e neurogênese no cérebro.

Conforme envelhecemos, é comum a sensação de que as habilidades cognitivas mudem, tornando-nos mais lentos e menos aptos para aprender novos conhecimentos. No entanto, os últimos avanços nas neurociências desafiam essa percepção, revelando um potencial surpreendente para a preservação e até mesmo o aprimoramento das funções cerebrais no envelhecimento.

Manter a mente afiada no envelhecimento

O renomado neurocientista Ramón y Cajal, em suas pesquisas pioneiras desde 1928, já indicava que o cérebro é um sistema dinâmico, constantemente sujeito a mudanças estruturais e conexões neurais, especialmente quando estimulado. Descobertas mais recentes confirmam sua visão, evidenciando a
capacidade de geração de novos neurônios ao longo da vida adulta, um fenômeno conhecido como neurogênese.

A base desse processo reside na neuroplasticidade, a habilidade do cérebro de se adaptar e reorganizar em resposta a estímulos internos e externos. Diversas pesquisas mostram que intervenções cognitivas, como treinamento mental e estimulação cognitiva, podem não só preservar, mas também melhorar o desempenho cognitivo em pessoas idosas.

Estudos comprovam os benefícios dessas intervenções através de testes de desempenho cognitivo e neuroimagem funcional, que revelam as áreas cerebrais estimuladas e modificadas durante os programas de treinamento. Alguns experimentos mostram que esses benefícios perduram mesmo anos após o término das intervenções.

A descoberta da neurogênese em adultos, antes considerada limitada ao desenvolvimento fetal e neonatal, abre novas perspectivas. Novos neurônios, especialmente no hipocampo, uma região vital para a memória, são capazes de influenciar positivamente processos de aprendizado e formação de memórias, promovendo a associação de estímulos no espaço e no tempo.

Esse fenômeno é muito relevante para a manutenção da memória episódica, semântica e espacial, essenciais para a orientação eficaz no mundo ao nosso redor. Além disso, a neurogênese oferece novas possibilidades terapêuticas, incluindo modulação farmacológica e não-farmacológica, como exercícios físicos e treinamento cognitivo, para tratar doenças mentais e neurodegenerativas.

Assinam este texto:

Diana dos Santos Bacelar: Bacharel em Gerontologia pela Escola de Artes, Ciências e Humanidades da
Universidade de São Paulo. Atualmente faz estágio na área de pesquisa em treino cognitivo de longa duração pelo Instituto SUPERA – Ginástica para o Cérebro. Tem interesse na área de treino e estimulação cognitiva para idosos, com enfoque em neurologia cognitiva. Já foi bolsista PUB da Universidade Aberta à Terceira Idade da EACH-USP, atual USP60 + nas oficinas de letramento digital.

Profa. Dra. Thais Bento Lima-Silva: Docente do curso de Bacharelado e Mestrado em Gerontologia da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH-USP), pesquisadora do Grupo de Neurologia Cognitiva e do Comportamento da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e diretora científica da Associação Brasileira de Gerontologia (ABG). Membro da diretoria da Associação Brasileira de Alzheimer- Regional São Paulo. É parceira científica e do Método Supera.

Compartilhar este artigo
  • X
  • LinkedIn
  • Share

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Visualizar os 20 comentários

20 comentários para "Neuroplasticidade: Como manter a mente afiada no envelhecimento?"

Faça um comentário

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 400 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.