Como envelhecer de forma saudável?

Publicado em: 04/11/2020 por: Ana Lucia

Você já imaginou um mundo em que todas as pessoas possam viver uma vida longa e saudável? Essa é a visão da Década do Envelhecimento Saudável, entre 2020 e 2030, proposta pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Nos últimos anos o envelhecimento populacional tem pautado as discussões entre especialistas, acadêmicos e governantes. Em 2020, principalmente por conta dos impactos gerados pela pandemia da Covid-19 para as pessoas idosas, a atenção e iniciativas dos Estados e das diferentes culturas se voltaram ainda mais para o público 60+.

Como envelhecer de forma saudável? - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
OMS e ONU lançaram documentos recentes sobre o envelhecimento da população mundial

No Brasil, assim como em outros países em desenvolvimento, a velhice começa a partir dos 60 anos, por isso existe uma maior preocupação em garantir e promover uma boa qualidade de vida para pessoas desta faixa etária, porém as ações para uma velhice saudável devem ser pautadas em ações para um processo de envelhecimento saudável, com significado e participação.

Dados apontam para um aumento do número de idosos nos próximos anos, que passará do atual 1 bilhão para 1,4 bilhão  em todo o mundo na década de 2030. Ao estimar esse crescimento para o ano de 2050, o número será 2,1 bilhões.

É importante destacar que além da quantidade de anos vividos é necessário haver preocupação com a qualidade desses anos, por isso são necessários investimentos para um processo de envelhecimento saudável.

Mas você sabe o que é envelhecimento saudável? A OMS, em seu relatório de envelhecimento saudável lançado em 2015, considerou não somente a ausência de doenças, mas a preservação da capacidade funcional, ou seja, a capacidade intrínseca (física e mental) e os ambientes (físico, social e político) em sentido mais abrangente. Como já sabemos, os prejuízos em saúde, sejam eles físicos ou mentais, podem interferir no autocuidado e na participação social.

Tendo em vista, a desigualdade social entre os países e indivíduos e como isso interfere no envelhecimento saudável, foi decretada a Década do Envelhecimento Saudável, que está pautada em quatro ações:

Combate ao  preconceito etário ou ao idadismo:

O modo individual de pensar, sentir e agir em relação ao envelhecimento e à velhice se reflete na vida particular e coletiva de todos nós. O objetivo desta ação é desmistificar os estereótipos, romper com preconceitos e com a discriminação em relação à idade.

Ambientes amigáveis para a pessoa idosa

Devem ser levadas em conta as características físicas, sociais e econômicas dos ambientes de modo que as pessoas de todas as faixas etárias possam se locomover, permanecer e interagir com conforto e segurança, tendo a sua integridade assegurada. Por essa razão a OMS e a ONU incentivam que as cidades e as comunidades sejam Amigas da Pessoa Idosa, ou seja, garantam uma boa experiência de vida para todos, incluindo os idosos.

Como envelhecer de forma saudável? - SUPERA - Ginástica para o Cérebro

Integração e alinhamento dos sistemas de saúde

As organizações de saúde precisam estar preparadas para prestar um bom atendimento aos idosos, assim tendo comunicação entre os prestadores e os serviços, garantindo o cuidado a longo prazo. Além disso, devemos pensar em como a  capacidade funcional é fundamental nos serviços e como essas definições são relevantes para a Década do Envelhecimento Saudável e para as práticas intersetoriais, considerando o processo de envelhecimento.

Cuidados a longo prazo ou apoio para os cuidados de longa duração

Os prejuízos da capacidade funcional interferem no autocuidado e na participação do indivíduo na sociedade.

Grande parte dos indivíduos, que necessitam de cuidados por um longo período, são idosos, sendo que a maior parte moram em comunidades e tem cuidados informais prestados por familiares e amigos.

Por isso, políticas são importantes para apoiar quem cuida e quem necessita de cuidado.

 A participação da sociedade, do Estado e de empresas privadas é relevante para que as ações propostas pela Década do Envelhecimento Saudável sejam realizadas e os objetivos sejam cumpridos.

O Método SUPERA, enquanto empresa, vem contribuindo para o envelhecimento saudável de pessoas do Brasil inteiro desde 2006, e em 2016 recebeu o Selo “Empresa Amiga do Idoso” da Associação Brasileira de Gerontologia, validando portanto, esse compromisso. Faça a sua parte, e assim como o Método SUPERA, contribua para que haja “um mundo em que todas as pessoas possam viver uma vida longa e saudável”.

Interessante, não é mesmo? Aproveite para conhecer o Método SUPERA de perto! Clique aqui e agende uma AULA GRÁTIS.

Assinam esse artigo:

Ana Paula Bagli Moreira – Gerontóloga pela Universidade de São Paulo (USP), com extensão pela Universidad Estatal Del Valle de Toluca – México. Assessora científica do projeto de pesquisa de validação do Método SUPERA e pós-graduanda em MBA em Gestão de Saúde pelo Centro Universitário São Camilo e em Neurociência na Educação pela Universidade Santo Amaro (UNISA).

Gabriela dos Santos – Gerontóloga pela Universidade de São Paulo (USP), com extensão pela Universidad Estatal Del Valle de Toluca – México. Assessora científica no projeto de pesquisa de validação do Método SUPERA. Complementação de curso em: Atualização profissional em Reabilitação Neuropsicológica: Adulto e Idoso no Hospital Israelita Albert Einstein.

Profa. Dra. Thais Bento Lima da Silva – Docente do curso de Graduação em Gerontologia da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH-USP), Coordenadora do curso de pós-graduação em Gerontologia da Faculdade Paulista de Serviço Social (FAPSS), pesquisadora do Grupo de Neurologia Cognitiva e do Comportamento da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e conselheira executiva da Associação Brasileira de Gerontologia (ABG) e colunista do site do Método SUPERA.

Compartilhar este artigo
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Share

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Nenhum comentário ainda

Nenhum comentário para "Como envelhecer de forma saudável?"

Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha com seu comentário

SUPERA News

Mantenha-se atualizado. Assine nossa Newsletter

    captcha

    Eu concordo em receber comunicações e ofertas personalizadas de acordo com meus interesses.

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.




    Posts Relacionados