Por que cuidar da saúde do cérebro?

Publicado em: 29/06/2021 Por Marcela Teodoro

Quando estamos acordados ele trabalha para que possamos nos comunicar, realizar movimentos, expressar sentimentos e adquirir novos conhecimentos. Quando dormimos, ele funciona regulando os níveis de melatonina para garantir uma boa noite de sono.

E aí, já sabe de qual órgão estou falando? Se ainda não descobriu, aqui vai mais uma dica: ele tem cerca de 86 bilhões de neurônios e infinitas possibilidades de ser estimulado. Agora ficou mais fácil, né?

Hoje vamos falar sobre ele: o cérebro humano!

De estrutura complexa e presente em todos os mamíferos, esse é um órgão composto de redes neurais que, juntas, desempenham funções específicas, como, por exemplo, visão, audição e tato, e executa atividades mais complexas, como o raciocínio, as emoções e o pensamento.

Essas são funções essenciais para todo ser humano e devemos cuidar da saúde do nosso cérebro para que elas sejam executadas da melhor maneira possível, não acha?

Neste conteúdo quero te ajudar a entender mais sobre a importância de manter o cérebro ativo e saudável ao longo da vida e quais os benefícios que esses hábitos podem te proporcionar. Aqui você verá:

  • Como o cérebro se desenvolve?
  • O que acontece no cérebro quando envelhecemos?
  • 3 dicas para manter um cérebro saudável;
  • Curiosidade;
  • Por que é importante desenvolver o cérebro?
  • Como desenvolver ainda mais o seu cérebro.

Assuntos interessantes, não é mesmo?! Continue lendo até o final para aprender ainda mais!

Como o cérebro se desenvolve?

O desenvolvimento do cérebro acontece a partir da 3ª semana de gestação, por meio da formação dos neurônios. Na 7ª semana inicia-se o processo de sinapse, ou seja, a ligação entre os neurônios do sistema nervoso, que por sua vez tem como tarefa garantir o funcionamento e integridade do corpo. Esse processo prolonga-se de forma acentuada até os 6 primeiros anos de vida.

Pesquisas indicam que dos 2 aos 3 anos de idade ocorre em média a formação de 600 a 800 sinapses por segundo.

Na fase adulta esse processo ocorre em menor grau, e é a partir dos 25 anos que o processo natural de envelhecimento do cérebro pode levar a complicações se não tomarmos algumas medidas. Mas primeiro vamos entender o que acontece com o nosso cérebro do ponto de vista biológico, ou seja, vamos aprender quais são os fatores naturais desse processo.

O que acontece no nosso cérebro quando envelhecemos?

Dentre as características mais evidentes está o surgimento das linhas de expressão, também conhecidas como ‘rugas’. Esse fator está diretamente relacionado com a redução do potencial regenerativo dos tecidos. As células tronco presentes em nosso corpo esgotam-se e deixam de desempenhar a função que lhe foi destinada.

Nosso organismo também tem a capacidade de prevenir alguns componentes nocivos às células, garantindo sua renovação. Com o passar do tempo essa capacidade diminui e as células acumulam proteínas tóxicas que comprometem o funcionamento do organismo.

Como não podem ser substituídos, os neurônios são destruídos de forma definitiva e como principal consequência manifestam-se doenças que podem afetar o sistema nervoso, tais como o Alzheimer e Parkinson, conhecidas também como doenças neurodegenerativas.

A sinapse é a região responsável por realizar a comunicação entre um ou mais neurônios, ou seja, tem como função enviar um sinal para que alguma ação específica aconteça no corpo, como o movimento dos músculos, funcionamento dos órgãos, controle da temperatura corporal e reflexos. Com o tempo essa capacidade de conexão vai diminuindo e cria-se um ciclo que dificulta a comunicação entre os neurônios.

Por que cuidar da saúde do cérebro? - SUPERA - Ginástica para o Cérebro

3 dicas para manter o cérebro saudável

Mas não pense que está tudo perdido! A regra é clara: o processo de envelhecimento chega para todos. Mas você pode escolher passar por essa fase da melhor forma. Como? A prática de alguns hábitos ao longo da vida contribui em larga medida para um envelhecimento mais saudável e feliz. Veja o que pode contribuir para a saúde do seu cérebro!

Prática de exercícios físicos

A prática de exercícios físicos promove diversos benefícios para a saúde do corpo. Além de melhorar a capacidade cardiorrespiratória, reduz os riscos de doenças crônicas e aumenta as condições da memória e do aprendizado.

Durante os exercícios, nosso corpo também libera endorfina e serotonina, hormônios responsáveis por proporcionar sensações de prazer e bem-estar, contribuindo dessa forma para a redução do estresse e da ansiedade. 

Mulher no centro da imagem correndo durante a prática de atividade física. Atrás delas, um homem e uma mulher também correm.
A prática de exercícios é muito importante para o bom funcionamento da saúde física e mental das pessoas.

Curiosidade

Um estudo realizado pela American Academy of Neurology demonstrou que mulheres fisicamente ativas retardam os riscos de demência em 90 anos em relação às mulheres que não praticam nenhum tipo de exercício físico.

Essa é uma descoberta interessante visto que o sexo feminino possui uma tendência maior para desenvolver doenças neurodegenerativas.

Alimentação saudável

Uma alimentação saudável também é a chave para garantir a saúde do seu cérebro. A ingestão de alimentos ricos em ômega 3, como peixes, sementes e vegetais é essencial para o bom funcionamento do cérebro.

A ingestão de vitaminas e minerais também contribui para nossa qualidade de vida. Esses alimentos possuem substâncias antioxidantes que combatem os danos causados em nossos neurônios pelo acúmulo de proteínas. Fazem parte dessa lista o tomate, espinafre, feijão e o queijo branco, dentre outros.

Mãe e filha fazendo uma refeição saudável.
Incluir na dieta alimentos ricos em vitaminas e minerais é muito importante para garantir uma rotina mais saudável.

Manter a mente ativa

Uma mente ativa e em constante aprendizado favorece a conexão existente entre diversas regiões do cérebro. A estimulação cerebral e desafios proporcionados constantemente a esse órgão ajudam a melhorar as capacidades que ele já possui, explorando e fortalecendo as conexões entre seus diferentes campos.

Aprendendo algo novo nos beneficiaremos de uma memória mais sólida, maior capacidade interpretativa, raciocínio e aprendizagem. Além disso, como consequência podemos obter melhora na coordenação motora e maior consciência corporal.

Homem parado em frente a um tabuleiro de xadrez analisando uma jogada.
Desafiar o cérebro constantemente é importante para deixá-lo pronto para enfrentar os desafios do dia a dia.

Você também pode brincar com as possibilidades reinventando as atividades que faz todos os dias, como por exemplo fazer exercícios físicos em um outro ambiente tão agradável quanto o habitual, palavra cruzada, ler livros sobre um assunto diferente ou até mesmo andar de costas pela casa.

Por que é importante desenvolver o cérebro?

Até aqui já deu pra entender que práticas como essas contribuem para nossa qualidade de vida a médio e a longo prazo.

Também compreendemos que ao nascer possuímos todos os neurônios de que necessitamos ao longo da vida e que estes, quando destruídos, são insubstituíveis. Ao passo que as sinapses acontecem todas as vezes que aprendemos algo novo.

Sabendo disso, é fundamental que exercitemos nosso cérebro a todo momento para criar cada vez mais conexões, causando menos impactos em nosso desempenho cerebral a longo prazo.

Afinal, já foi comprovado cientificamente que não é a quantidade de neurônios que determina a capacidade cognitiva, mas sim a maneira como eles estão conectados e que conexões bem estabelecidas permitem uma melhor performance cerebral tanto no aspecto profissional quanto pessoal.

Por que cuidar da saúde do cérebro? - SUPERA - Ginástica para o Cérebro

Como desenvolver ainda mais o seu cérebro?

E você acredita que as opções para manter a saúde do seu cérebro que citei não são as únicas?

O SUPERA possui uma metodologia capaz ajudar a realizar uma verdadeira ginástica para o cérebro, desenvolvendo-o ainda mais por meio da estimulação cognitiva.

Por meio de atividades que envolvem novidade, variedade e grau de desafio crescente, exercitamos seu cérebro para que ele crie conexões sólidas e aumente sua reserva cognitiva.

A ginástica para o cérebro é a melhor opção para aumentar a performance em diferentes situações do seu dia a dia.

Além disso, temos uma maior concentração para estudos, alívio da ansiedade e controle das emoções, tudo isso adquirido por meio de jogos e dinâmicas. Incrível, não é mesmo?

Espero que você tenha gostado do conteúdo e aprendido mais sobre como o seu cérebro funciona e, melhor: o que fazer para garantir que ele continue tendo uma performance de boa qualidade durante todas as fases da sua vida.

Compartilhar este artigo

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Visualizar os 13 comentários

13 comentários para "Por que cuidar da saúde do cérebro?"

Faça um comentário

  • Sonia de Fatima Gomes de Oliveira disse:

    Maravilhoso esse artigo. Eu já fiz uma aula. Assim que eu tiver condições financeiras, farei o curso!!!!!

  • Sueli disse:

    Adorei comentários sobre celebro bjs.

  • Fabiana Silva dos Santos disse:

    Eu gosto muito de estudar,fazer palavras cruzadas e Caminhar,Pilates é entre outras Coisas faz bem a saúde física e mental

  • Carlos Henrique Medeiros disse:

    FALTOU FALAR O MAIS IMPORTANTE FATOR DE SAUDE CEREBRAL: O SONO.
    A INSONIA,HOJE, É CONSIDERADA O PRINCIPAL FATOR DE DISTURBIOS NA SAUDE HUMANA.

  • Eugenia disse:

    Gostei muito de conhecer o conteúdo acima citado.
    Muitas das informações eram desconhecidas por mim.
    Já estou cursando o Supera e estou gostando bastante.

  • celso marques de oliveira disse:

    Excelente.
    Obrigado pelo envio desse assunto, muito importante para mim.

  • Zemaide Moreira Fernandes disse:

    Orienta e incentiva a cuidar do cérebro

  • Ivan Cezar Bertuol disse:

    Gostaria de conhecer mais sobre o assunto.

  • Maria José Moraes rosa disse:

    Bom dia, faço exercícios regularmente há mais de 30 anos .já recomendei a SUPERA A MUITAS AMIGAS. Ainda espero eu mesma fazer um curso com vcs.

  • marisa alavatchi disse:

    muito interessante e esclarecedor. todos deveriam cuida com maximo cuidado nao só da saude fisica, como é moda, mas sim, do cerebro.

  • ANTONIO CORDEIRO DE ANDRADE disse:

    E COM AJUDA DE EXERCICIOS EM SUPERA QUE ESTAMOS MELHOR CONECTADO

  • Maria disse:

    Estimulo ao cérebro é muito importante, principalmente as pessoas que se aposentam e muitas vezes param com a estimulação cerebral. Conhecimento é Vida!

  • Alessandro disse:

    Matéria muito benéfica, ah! Se todos conhecessem o SUPERA – desafiando e ultrapassando seus próprios limites!

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 400 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.