Como superar o bloqueio criativo? Confira 4 dicas

Publicado em: 14/09/2023 Por Assessoria de Imprensa SUPERA

Se você já teve que criar alguma coisa, seja um texto para o trabalho, seja uma história para uma criança dormir, provavelmente já teve um bloqueio criativo.

Diferente do famoso “branco”, que acontece quando não conseguimos nos lembrar de algo que queríamos, o bloqueio criativo está ligado à falta de inspiração na hora de criar. Ele pode acontecer com qualquer um! Você não precisa ser um talento da arte ou um publicitário para sofrer com essa falta momentânea de criatividade.

Felizmente, existem recursos para superar esse momento e seguir com o seu cérebro funcionando a todo vapor. Continue a leitura para saber sobre o assunto e conferir dicas para vencer esse desafio!

O que é o bloqueio criativo?

O bloqueio criativo é uma incapacidade momentânea de continuar um trabalho devido à falta de criatividade ou de inspiração. Ele também é chamado de “Writer’s Block” (bloqueio do escritor, em português), termo que nos ajuda a compreender esse fenômeno. Afinal, quem nunca parou diante de uma folha em branco sem saber o que escrever?

Curiosamente, o termo surgiu na década de 40, quando o psiquiatra Edmund Bergler estudou alguns escritores que estavam sofrendo de inibições neuróticas de produtividade.

Quais são as causas do bloqueio criativo e como elas afetam o dia a dia?

Entre as principais causas do bloqueio criativo, podemos citar:

  • estresse;
  • ansiedade;
  • falta de conhecimento sobre o tema que será desenvolvido na sua criação;
  • falta de planejamento;
  • excesso de possibilidades e ideias — o que pode nos deixar paralisados e sem saber no que focar;
  • perfeccionismo;
  • procrastinação.

A boa notícia para quem está diante de um bloqueio criativo é que todas as pessoas já sofreram, sofrem e sofrerão com isso em algum momento. Ele é um fenômeno natural que pode durar minutos, dias, semanas ou anos!

Vale, aqui, fazermos uma pausa para falar um pouco mais sobre os efeitos do estresse no nosso cérebro. Afinal, ele é a primeira causa fisiológica do bloqueio criativo e a mais comum. O desgaste físico e emocional, somado ao excesso de informações e pressões cotidianas, tende a prejudicar não apenas os nossos trabalhos criativos. Ele também pode afetar a nossa qualidade de vida, de forma geral.

Além disso, esse desgaste pode ir além da incapacidade de criar algo, chegando à comum Síndrome de Burnout. Trata-se de uma doença ocupacional ligada ao esgotamento físico e mental. Por isso, não esqueça de cuidar da sua saúde mental.

Como vencer o bloqueio criativo?

Confira algumas dicas de como evitar ou vencer o bloqueio criativo, caso ele surja diante do seu trabalho!

1. Faça uma pausa na tarefa

Simples assim. Quando você está fazendo uma atividade física, não precisa parar para respirar e descansar o corpo antes de colocá-lo em movimento mais uma vez? Com o nosso cérebro, acontece algo parecido: ele precisa parar para se manter ativo e concentrado.

Por isso, ainda que você não precise criar coisas o tempo todo, lembre-se de fazer pequenos intervalos durante o seu trabalho. Desconectar-se da atividade vai ajudar você a recuperar o fôlego na superfície para mergulhar mais fundo depois.

2. Organize a sua rotina diária

Ninguém consegue criar sem foco. Da mesma forma, ninguém consegue se concentrar envolto em bagunças físicas e mentais. Tentar fazer qualquer tipo de trabalho (criativo ou não) se torna um desafio maior quando a sua rotina não está organizada. Você passa o tempo todo pensando na compra que precisa fazer ou nas contas que deve pagar.

O motivo é que nosso cérebro não é multitarefas, mas pode trocar de uma atividade para outra com rapidez. Essa função deixa o trabalho mais lento, o que aumenta o estresse e causa um bloqueio criativo.

3. Pesquise antes de começar a tarefa

Uma das causas do bloqueio é a falta de conhecimento sobre o tema que está sendo explorado. Quanto mais bagagem você tiver acumulada para deixar a sua mente criativa agir, mais longe ela será capaz de ir.

É importante destacar que quanto mais conhecimento você tiver sobre diversos assuntos, melhor. Por exemplo, se você está escrevendo sobre receitas fit, conhecer sobre alergias alimentares pode enriquecer o seu conteúdo criativo.

4. Faça exercícios físicos

“Mente sã, corpo são”. Quando você coloca o seu corpo em movimento, ele libera hormônios importantes para a felicidade e o bem-estar. Assim, mais relaxados, somos mais capazes de criar.

Se você trabalha sentado por horas, uma boa dica, além da sua atividade física preferida, é praticar alongamentos.

Qual é a importância da ginástica cerebral?

A ginástica cerebral são atividades desenvolvidas para manter o cérebro em constante exercício. Segundo a neurociência, o nosso cérebro tem a capacidade de se modificar conforme os estímulos que ele recebe — é a neuroplasticidade cerebral.

Esse conceito quer dizer que um cérebro pouco ativo pode perder as suas habilidades cognitivas. Com a escassez de estímulos, pode acontecer, até mesmo, a morte de neurônios.

Por outro lado, o cérebro pode se desenvolver, melhorar as suas atividades e se adequar quando recebe os estímulos certos. É aí que entra a ginástica cerebral.

Ler e escrever, ouvir música, aprender idiomas, fazer atividades manuais e se divertir com jogos de raciocínio lógico são ótimos exemplos de ginástica. Eles ajudam a manter o nosso cérebro saudável.

Também vale a pena destacar que esses exercícios cerebrais vão ajudar você a ter mais foco, atenção plena e concentração. Essas são habilidades indispensáveis para quem quer fazer qualquer tipo de criação. Isso envolve tanto o processo de aprendizagem sobre o tema quanto o processo de criar, em si. Com essas habilidades bem desenvolvidas, é mais fácil evitar um bloqueio criativo.

Viu só como você não precisa ter medo do bloqueio criativo? Ele é um fenômeno natural do ser humano que costuma passar rapidamente e pode ser combatido com algumas atividades simples de estímulo ao cérebro. Lembre-se de manter a sua mente ativa sempre, não apenas para evitar o bloqueio criativo, mas também para ter mais qualidade de vida em todas as idades.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro de temas relacionados, assine a nossa newsletter!

Compartilhar este artigo

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Visualizar os 6 comentários

6 comentários para "Como superar o bloqueio criativo? Confira 4 dicas"

Faça um comentário

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 400 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.