SAÚDE MENTAL
Como os pais podem ajudar filhos com TDAH?

Publicado em: 03/09/2013 | Última modificação em 10/06/2019 Por Assessoria de Imprensa SUPERA

SAÚDE MENTAL <BR/> Como os pais podem ajudar filhos com TDAH? - SUPERA - Ginástica para o CérebroSAÚDE MENTAL <BR/> Como os pais podem ajudar filhos com TDAH? - SUPERA - Ginástica para o CérebroSimone Shimamoto, colaboradora do Quadro Saúde Mental, é Gestora Pedagógica do SUPERA Uberlândia

Inquietude e desatenção são sintomas do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), mas é preciso tomar cuidado com diagnósticos precipitados, que podem ter graves consequências para crianças e até para adultos. Mas se seu filho convive com isso, o SUPERA pode ser um grande aliado.

Antes de mais nada, é preciso conhecer o transtorno e conseguir identificar os sintomas. Segundo Paulo Mattos, neuropsiquiatra e especialista em TDAH, fundador da Associação Brasileira de Déficit de Atenção, o TDAH é como transtorno do exagero, uma exacerbação de questões que normalmente todas as pessoas possuem como, por exemplo, inquietude, impulsividade e desatenção.

2013Supera e você na Disney

Como identificar o TDAH?

O diagnóstico deve ser realizado por profissionais especializados.  Não basta que a pessoa seja agitada e dispersa, pois os contextos podem levar a isso. Portanto, são imprescindíveis análises criteriosas das atitudes. No caso das crianças, é importante entrevistar os pais, professores e a própria criança…

Quando a maioria das crianças consegue se organizar em situações estimulantes, que exigem atenção e controle dos impulsos e determinada criança não consegue, a suspeita surge. No caso do adulto, é suficiente uma entrevista direcionada para melhor compreender o quadro.

O diagnóstico positivo acontece quando o profissional da área, na análise de 18 aspectos característicos de TDAH, percebe que a criança ou a pessoa diagnosticada responde “sim” a diversas perguntas. Ou seja, o fato de ser inquieto ou desatento não assegura, por si só, a identificação do TDAH. Alguns excessos comuns nesses casos são: esquecimentos, inquietude, desatenção, desmotivação, impulsividade, depressão…

Como tratar o TDAH?

Sabendo-se que o TDAH possui um índice de 80% de carga genética, o tratamento é realizado, em geral, por psicoterapia e medicamentos. Neste sentido, pode ser controlada.

A superação destas questões com o objetivo de controlar e amenizar os efeitos do transtorno e trazer saúde mental deve ser realizada junto e com o apoio da família. A criança não consegue realizar determinadas atividades por não ter esta condição, e não por descaso.

A partir dessas questões, como o SUPERA poderia auxiliar enquanto “parceira” nesse tratamento?

Sabemos que as ferramentas pedagógicas usadas no SUPERA promovem bem-estar e melhor qualidade de vida. Assim, conhecendo os muitos enfrentamentos experienciados pelas pessoas que possuem TDAH, pensar em Supera direciona a pensar em saúde mental, aprimorando a qualidade de vida.

No SUPERA, as aulas/atividades possibilitam às pessoas vivenciarem experiências nas quais aprimoram raciocínio lógico, relações inter e intrapessoais, criatividade, autoconfiança, agilidade motora, concentração, memória, agilidade mental, disciplina, foco, dentre outros.

Assim, conciliadas aos tratamentos específicos para quem possui o transtorno do déficit de atenção, tais ferramentas são de importância significativa.

Olhar para nós mesmos com mais cuidado, investir na melhoria de nossas ações e atividades diárias é investir em saúde mental, em uma vida mais digna. Façamos a vida valer a pena em seus mínimos detalhes… Não nos esqueçamos dos detalhes, pois é a partir deles que construiremos grandes conquistas.

Compartilhar este artigo
  • LinkedIn
  • Share

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Nenhum comentário ainda

Nenhum comentário para "SAÚDE MENTAL
Como os pais podem ajudar filhos com TDAH?"

Faça um comentário

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 400 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.