Regras no uso do celular pode influenciar positivamente seus filhos

Publicado em: 03/05/2019 por: Assessoria de Imprensa SUPERA

A educação de uma criança influencia no seu comportamento e na falta de atenção. As atitudes dos pais influenciam diretamente nestes comportamentos.

O uso do celular é um dos maiores problemas sociais contemporâneos enfrentados por diversas famílias brasileiras. É bem comum que os pais queiram ter uma conversa com os filhos e as crianças ou adolescentes estejam entretidos com o aparelho.

influencie positivamente seus filhos

Além disso, se o seu filho for diagnosticado com TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade), o foco nas conversas e atividades do dia a dia fica cada vez mais difícil e o celular torna-se um vilão ainda mais poderoso.

Em ambos os casos, é preciso que os pais estabeleçam regras de comportamento desde cedo na família. Além disso, é preciso sempre prestar atenção no nível de concentração dos filhos.

Se você notar que seus filhos estão realizando outras atividades enquanto você fala com eles, pensando em outras coisas ou sem foco para as tarefas do cotidiano, talvez seja a hora de começar exercícios que auxiliam na concentração.

Neste caso, você notará melhorias no comportamento de seus filhos, no desempenho escolar e em tarefas que eles desenvolvem todos os dias, seja em casa ou na escola. Existem apenas benefícios nestas práticas.

Supera e você na Disney

Quer conhecer o passo a passo para melhorar a atenção de seu filho e garantir que a prioridade deles não seja mais o celular? Fizemos uma lista com dicas essenciais para você. Confira!

Atitudes Positivas dos pais

A primeira e mais importante dica que trazemos é para que você dê o exemplo. Os filhos tendem a ser reflexo dos pais desde os primeiros anos de vida, portanto, se você utilizar o celular durante o horário de almoço ou janta, por exemplo, vai ensinar o comportamento como um padrão para a família.

Desta forma, sempre ouça o que seus filhos têm a dizer e estabeleça horários exclusivos para estas conversas, em momentos que tornam o celular um objeto temporariamente “proibido” de ser utilizado, para todo mundo em casa.

Estabeleça regras

Além de dar o exemplo, é importante que você estabeleça regras para os filhos. Coloque horários para estudo, realização de tarefas e refeições com a família. Para estes momentos, restrinja o uso do celular.

Especialistas em tratamento de TDAH reforçam que as regras são importantes para estes casos e para filhos que não sofrem com o déficit de atenção. Seguir ordens é algo que as crianças devem se habituar aos poucos, para que aprendam os comportamentos mais adequados.

Paciência e Respeito

Apesar da recomendação de estabelecer limites, os especialistas neste tema ressaltam que todas as regras devem ser estabelecidas com paciência e respeito. Esbravejar, gritar e agir com violência com os filhos nunca é indicado para determinar regras.

Um dos métodos sugeridos por especialistas é utilizar post-its com as regras pela casa, para que, de forma sutil, os filhos sejam lembrados com frequência do que pode e não ser feito no ambiente familiar. Com o tempo, estas normas são naturalmente levadas para a vida pessoal das crianças e adolescentes, evitando que eles se comportem de forma inadequada na escola, por exemplo.

Melhorar a concentração

Além de afastar o celular do dia a dia do seu filho em momentos inadequados, existem outros métodos que contribuem para a concentração de crianças e adolescentes em tarefas do cotidiano.

A concentração é essencial para melhorar a capacidade de aprendizado, aumentar a produtividade e facilitar a organização do tempo para realização de tarefas.

O Método SUPERA, voltado para melhorar a concentração e a memória, é uma ferramenta infalível para acabar de vez com a distração, que é grande vilã na realização de tarefas diárias. Seguindo poucos passos, você consegue dominar a sua própria mente para estudar e trabalhar da forma mais eficiente possível.

A boa notícia é que este método também é eficiente em crianças e adolescentes. Desta forma, por meio de treinamento do cérebro, a concentração fica gradativamente mais eficaz e presente na rotina.

E melhor ainda: a prática pode ser praticada por todas as pessoas que desejam melhorar a performance. Ou seja, ainda que o indivíduo não tenha algum tipo de disfunção, conseguirá desenvolver as habilidades cognitivas e socioemocionais de forma a se destacar na vida acadêmica e profissional, e melhorar a qualidade de vida.

Assessoria de Imprensa SUPERA

Supera - Ginástica Cerebral, Pratique! Curso para todas as idades

Mantenha-se atualizado. Assine nossa Newsletter



Posts Relacionados