5 dicas da neurociência para potencializar seus estudos

Publicado em: 05/02/2020 Por Assessoria de Imprensa SUPERA

O período de volta às aulas traz um misto de sensações: milhares de estudantes esperam por esse momento para rever amigos, retornar à rotina e iniciar o ano letivo com foco nos resultados. Porém, o momento de estudos nunca é fácil e muitas vezes, é encarado com desânimo, medo e desespero para aqueles que não conseguem assimilar determinados conteúdos e tremem só de pensar em decorar nomes e fórmulas ou realizar equações corretamente.

5 dicas da neurociência para potencializar seus estudos - SUPERA - Ginástica para o Cérebro

Entender o funcionamento do cérebro traz benefícios no processo de aprendizagem e garante técnicas de estudos eficazes para alcançar bons resultados

O processo de aprendizagem está intimamente ligado com o funcionamento cerebral, uma vez que ele é responsável por absorver todas as informações do ambiente externo. Segundo Solange Jacob, diretora Acadêmica Nacional do SUPERA, “o processo de aprendizagem acontece quando há uma modificação da estrutura cerebral, que cria memórias de longo prazo; essas memórias são adquiridas através da atenção”.

Dessa maneira, nosso cérebro é responsável por fixar os conteúdos vistos em sala de aula e revisados no momento de estudos. E para conseguirmos ter horas de estudo mais benéficas e assertivas, a neurociência traz algumas respostas para potencializar o momento de estudo e fazer com que os estudantes consigam assimilar melhor os conteúdos – mesmo aqueles que temos mais dificuldades.

Confira:

  • Dê tempo ao seu cérebro!

De acordo com a pesquisadora em psicologia cognitiva da Universidade de Oakland (EUA) e uma das autoras do livro “Aprendendo a aprender para Crianças e Adolescentes”, Barbara Oakley, o nosso cérebro trabalha em dois modos: modo focado (quando estamos prestando atenção em algo) e modo difuso (quando nosso cérebro está relaxado). Para aprendermos de maneira efetiva, o segredo é alternar entre esses dois modos – quando relaxamos a mente, é mais fácil encontrar a solução de alguns problemas. Durante os estudos, é normal “empacar” em algum exercício; a dica é relaxar por 10 minutos ou então, focar em outro exercício de matéria diferente. A solução virá mais facilmente quando retornar à outra questão. Inicie seu estudo com a matéria que tem mais dificuldade, para que seu cérebro consiga alternar seus modos de maneira mais eficaz – se deixar para o final, estará cansado e a aprendizagem será mais dificultosa.

  • Dê recompensas ao seu cérebro!

A neurociência sugere evitar a procrastinação com um método de recompensa ao seu cérebro. A dica é: marque em um temporizador 25 a 30 minutos. Concentre todas as suas energias nas atividades durante esse tempo, sem alternar com outra tarefa e sem interrupções. Após esse tempo, se dê uma recompensa – ouvir uma música, redes sociais, um jogo. Segundo Oakley, o desejo pela recompensa fará com que o nosso cérebro se concentre ao máximo durante o modo focado. E a recompensa será um momento de descanso ao cérebro, fazendo com que a retomada aos estudos seja mais eficaz.

  • Não deixe para última hora!

Tem uma prova na sexta e pretende começar a estudar só na quinta? Talvez não seja a melhor estratégia. O processo de aprendizagem no cérebro depende de fortes conexões neurais – e isso requer trazer novidades, variedades e desafios crescentes. Quanto mais nos dedicamos aos conteúdos novos, acostumando o cérebro ao conteúdo absorvido sem pressa, melhor será o processo de aprendizagem e as ideias serão consolidadas mais facilmente.

  • Treine sua memória!

O professor passou um conteúdo de manhã e não consegue se recordar durante o estudo? A neurociência traz uma estratégia essencial para potencializar sua memória. O segredo é revisar o conteúdo no mesmo dia em que foi passado em sala de aula – quando não exercitamos o conteúdo, não damos oportunidade ao cérebro para assimilá-lo e as conexões cerebrais responsáveis por aquele conhecimento podem desaparecer com facilidade. A pesquisadora Oakley tem uma técnica: “recordar ativamente”. Leia o texto e anote as palavras-chave referente ao assunto. Depois, tire os olhos das anotações e tente se recordar e explicar ativamente o que foi anotado – de preferência em voz alta e várias vezes ao longo do dia.

  • Tenha hábitos saudáveis!

Ter uma rotina de alimentação saudável melhora a capacidade do cérebro no momento de se recordar e aprender novos conteúdos. Garantir boas noites de sono ajuda a fixar o conteúdo visto anteriormente e ter uma mente “acordada” para aprendizados novos no dia seguinte. A prática de exercícios físicos também é responsável pelo fortalecimento das conexões neurais e é uma ótima maneira de aproveitar o “modo difuso” do cérebro, essencial para o momento da aprendizagem.

Tatiana Olivetto – Assessoria de Imprensa Método SUPERA

Referência: “Aprendendo a aprender”: 3 técnicas indicadas por cientistas para qualquer pessoa melhorar nos estudos. (2020). Noticias.uol.com.br. Retrieved 3 February 2020, from https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2020/01/29/aprendendo-a-aprender-3-tecnicas-indicadas-por-cientistas-para-qualquer-pessoa-melhorar-nos-estudos.htm

Compartilhar este artigo
  • LinkedIn
  • Share

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Visualizar o comentário

1 comentário para "5 dicas da neurociência para potencializar seus estudos"

Faça um comentário

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 400 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.