Como ter bom desempenho no trabalho na terceira idade

Publicado em: 02/03/2017 por: Barbara

qualidade de vida

Thais Bento Lima da Silva, Gerontóloga pela Universidade de São Paulo, Mestre e Doutoranda em Neurologia Cognitiva e Envelhecimento.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE, em 2010), apontam que 4,5 milhões de aposentados não encerram as atividades trabalhistas. De acordo com a pesquisa, a tendência é um aumento desse número, já que as projeções do instituto para 2020 são de 20 milhões e, em 2060, esse número deve quadruplicar, chegando a casa das 60 milhões de pessoas com 65 anos ou mais ainda no mercado de trabalho.

Esses dados mostram um percentual expressivo de pessoas que têm o desejo e a necessidade de continuarem trabalhando mesmo após a aposentadoria. É verdade que isso pode decorrer das próprias limitações impostas pelo valor reduzido ou insuficiente das pensões e aposentadorias.

Entretanto, conforme levantado por estudos científicos, sabemos que a necessidade não é apenas financeira. As pessoas percebem que têm pela frente um curso de vida significativo, afinal, o processo de envelhecimento é longo e heterogêneo, e estar em atividades ocupacionais significa também ter uma vida social ativa e ressignificada.

Foi-se o tempo em que, com o aumento da idade, o profissional se tornava improdutivo. Hoje em dia, é comum indivíduos do grupo 60+, buscarem uma segunda carreira, pois têm disposição e potencial para agregar mais valor às empresas.

Gerontóloga dá dicas para manter bom desempenho no trabalho após os 60 anos

Gerontóloga dá dicas para manter bom desempenho no trabalho após os 60 anos

Algumas dicas são importantes para permanecer ativo e com bom desempenho no trabalho após os 60 anos, e para não ficar de fora do ritmo ocupacional.

  • Procure participar de cursos, palestras e workshops.
  • Atualize-se e mostre que você ainda tem muita disposição e disponibilidade para aprender.
  • Exercite suas habilidades mentais, fazendo exercícios de ginástica para o cérebro. Afinal, se o intuito é trabalhar, vamos manter a mente ativa também.
  • Tenha hábitos de vida saudáveis, pois o autocuidado é essencial para se ter disposição em qualquer faixa etária.

E uma dica tão fundamental quanto às anteriores, tenha um processo de envelhecimento ativo, saia de casa, interaja, e busque novos projetos de vida. Com certeza os caminhos para a inserção ou a permanência no mercado de trabalho, na terceira idade serão mais brandos e satisfatórios.

Supera - Ginástica Cerebral, Pratique! Curso para todas as idades

Mantenha-se atualizado.
Assine nossa Newsletter

Posts Relacionados