O Tik Tok e a boa convivência entre as diferentes gerações

Publicado em: 12/02/2021 Por Assessoria de Imprensa SUPERA

Você provavelmente já viu em suas redes sociais algum vídeo de idosos dançando, imitando e claro: fazendo muita gente dar risada.

As interações que viralizaram no Facebook e Instagram nos últimos meses fazem parte da nova rede social, Tik Tok, um aplicativo chinês que disparou em acessos no Brasil, incentivado principalmente pelo isolamento social e o maior tempo de crianças, jovens e adultos em casa nos últimos meses.  

O Tik Tok e a boa convivência entre as diferentes gerações - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
Carminha e o neto Leonardo fazem interações diárias com o público noTik Tok e Instagram

Este é o caso do ator Leonardo Silveira Darcadia (@leonardodarcadia) , de 20 anos, neto de Maria do Carmo Praia de Aeta Fusco Darcadia, a Carminha, de 92 anos. Léo foi um dos primeiros a viralizar a nova rede com vídeos em ele aparecia interagindo com a avó.

A reação de Carminha as brincadeiras do neto arrancaram sorrisos de milhões de pessoas em todo o Brasil e, mais do que isso: geraram empatia e até mesmo nostalgia de muitos seguidores, que não convivem mais com seus avós

O Tik Tok e a boa convivência entre as diferentes gerações - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
Riso fácil: Avó e neto não seguram a gargalhada para falar de assuntos cotidianos

“Os vídeos começaram quando eu estava morando na casa da minha vó por um tempo. Toda manhã e eu Carminha ficávamos na sala vendo TV e gravando palhaçadas. Porém eu só́ mandava os vídeos para os meus amigos, e os tinha no meu celular, mas meus amigos amavam os vídeos, caiam de rir, falavam, ‘Posta isso, vocês dois formam uma dupla surreal’”, lembrou Léo.

Mas foi somente em março, enquanto o jovem estava na Irlanda, que a saudade da avó apertou.

O Tik Tok e a boa convivência entre as diferentes gerações - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
O ator Leonardo ao lado da avó, de 92 anos

“Fiquei com muita saudade da minha avó, estava triste e assistia os vídeos para matar a saudade e sempre dava muita risada, foi então que eu decidi compartilhar a alegria com todos e os vídeos viralizaram”, explicou. Em poucos meses, Léo e a avó alcançaram 1 milhão e 600 mil seguidores no Tik Tok e 635 mil seguidores no Instagram.

Percepção

O carinho de milhões de pessoas à vovó Carminha, segundo Léo, já interfere diretamente na sua qualidade de vida da vovó que até então estava acostumada com uma vida, digamos, menos agitada.

“Tudo mudou depois dos vídeos. Como ela tem 92 anos, tinha uma vida mais monótona. A agitação com os vídeos fez um bem danado para ela, que não tem mais tantos momentos de tristeza, e até́ as dores, como artrite, artrose, ela não reclama mais, pois o foco dela mudou”, comemorou o neto.

O Tik Tok e a boa convivência entre as diferentes gerações - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
Relação de avó com neto encantou milhões de brasileiros

Vovôs Tik Tokers

No mesmo perfil de Léo e Carminha, estão os vovôs Tiktokers, perfil dedicado ao casal Nair Donadelli, de 90 anos e Nelson Miolaro, também de 90 anos. Os vídeos carregados de irreverência e influências digitais conquistaram 2 milhões de seguidores no Tik Tok nas últimas semanas. Apenas no Instagram, o casal alcançou 901 mil seguidores. As ideias são também dos netos, Renan José Moreno (@renandonadelli), de 31 anos e Nayara Alexia Moreno (@naalexia), de 28 anos.

O Tik Tok e a boa convivência entre as diferentes gerações - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
Dona Nair e seu Nelson se divertem em interação promovida pelos netos

“O primeiro vídeo foi gravado no aniversário do Nelson, de 90 anos, e foi postado no perfil da Nayara. Tivemos mais de 1 milhão de visualizações em muito pouco tempo, mas não fizemos mais postagens e agora no dia 06 de janeiro de 2021 o Renan fez um outro vídeo colocando no TikTok dele e aconteceu a mesma coisa. Como a Nair diz: “Explodiu”. Começamos a fazer um vídeo por dia e em 40 dias estamos com 2 milhões de seguidores no TikTok e 900 mil no Instagram”, contou Nayara.

O Tik Tok e a boa convivência entre as diferentes gerações - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
Interação com os netos através dos vídeos impactou na qualidade e vida dos idosos

No caso de dona Nair e seu Nelson, a interação com os netos e a agitação para produção dos vídeos impactou diretamente na qualidade de vida dos idosos. “Eles amam gravar e assistir o resultado. Em todos os vídeos, os dois caem na gargalhada. Eles estão mais felizes, mais ativos, mexendo mais o corpo, usando mais a cabeça, melhorando a atenção e a escuta. Os vídeos fizeram muito bem para os dois”, avaliou o neto.

Carinho do público

Nas duas redes sociais utilizadas pela família para divulgar os vídeos, fãs de todas as partes do Brasil enviaram diariamente retornos que surpreendem até mesmo os netos, acostumados com o uso das redes.

“Recebemos muitos comentários de amor, carinho e felicidade. Muitas pessoas agradecendo por fazer elas sorrirem com os vídeos. Muitas mensagens de pessoas que falam que tem depressão e os vídeos ajudam a melhorar esse quadro. Todas essas mensagens nos motivam a querer fazer mais, sempre com muito carinho e amor. É isso que o mundo precisa: cuidado e alegria”, disse Renan.

O Tik Tok e a boa convivência entre as diferentes gerações - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
No Instagram público acompanha algumas fotos do casal de 90 anos

Relações intergeracionais

Mais do que utilizar um meio eletrônico e receber o carinho de milhões de pessoas, segundo a gerontóloga Thais Bento, o primeiro ponto que impacta diretamente a vida destes idosos é a interação com os netos, além da sensação de produzir algo de relevância para outras pessoas.

“Podemos entender as relações intergeracionais como o relacionamento que se estabelece entre pelo menos duas pessoas de diferentes faixas etárias que compartilham as suas vivências a fim de contribuírem com um aprendizado em conjunto. Estudos desenvolvidos com idosos, crianças e adolescentes confirmam que é possível aprimorar o convívio, o valor das relações sociais e o bem-estar entre as gerações por meio de atividades sociais, socioeducativas e intergeracionais. As trocas entre gerações permitem aos idosos resgatarem sua autoestima, realizarem novas aprendizagens e se reconhecerem como seres integrados, integradores e ativos na sociedade”, disse.

O Tik Tok e a boa convivência entre as diferentes gerações - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
Dona Nair encenando ao lado de seu Nelson: fãs riem junto com a família

Planos para o futuro

Além de cativar pela irreverência e alegria, os vídeos também caíram na rotina de milhões de “netinhos adotivos” de Carminha, Nair e Nelson. Para a alegria dos fãs, os perfis devem continuar a produção de conteúdo trabalhando intensamente em 2021.

“Nos vemos quase todos os dias, e nos damos mais do que bem. Somos realmente muito conectados e ligados pelo amor. Nossos planos são o de continuar chegando a cada vez a mais pessoas de forma espontânea e alegre”, opinou Leonardo Darcadia, neto de Carminha.

Para Renan, o retorno dos fãs e a alegria dos avós diante da novidade tem sido fundamental para toda a família

“Não temos planos. Apenas vamos continuar fazendo vídeos com muito amor para levar alegria para todo mundo. Talvez esse seja o segredo das redes sociais, apenas fazer com o amor, sem planejar, e o retorno vem. Foi assim que aconteceu com eles”, concluiu Renan.

Compartilhar este artigo
  • LinkedIn
  • Share

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Nenhum comentário ainda

Nenhum comentário para "O Tik Tok e a boa convivência entre as diferentes gerações"

Faça um comentário

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 400 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.