Melhorar atenção: passo importante para uma boa memória

Publicado em: 05/10/2016 por: Assessoria de Imprensa SUPERA

melhorar atenção

Melhorar atenção: passo importante para memorizar informações

Melhorar atenção – isso significa empregar todas as faculdades de percepção nas coisas que fazemos. Quando isto acontece, as informações que recebemos chegam ao cérebro. Porém, nem tudo que foi percebido precisa ou merece, necessariamente, ser lembrado. Daí a importância de melhorar a atenção para que o cérebro armazene somente aquilo que é importante para viver bem.

Para entender o funcionamento da atenção no cérebro, vamos começar com um exemplo simples: os estímulos causados pela roupa que vestimos. Da cor da blusa ao tipo do tecido, tudo impacta nossos receptores, mas nem todos percebemos. A partir do momento que nos atentamos a isto, nos tornamos conscientes porque a percepção virou foco da atenção.

Existem centros nervosos reguladores desse processo de modo que podemos, conscientemente, dirigir a atenção a determinados estímulos enquanto outros são ignorados.

Supera e você na Disney

O sistema nervoso pode fazer a seleção da informação através de vários mecanismos. Um deles é por meio das cadeias neuronais cujas estações sinápticas intermediárias podem ser inibidas, impedindo que ela atinja a região em que se tornaria consciente.

Melhorar atenção: conheça mais sobre esta habilidade

Nem todas as pessoas têm o mesmo tipo de amplitude de atenção. A forma de absorver informações depende da personalidade, dos interesses e das atitudes que temos em relação ao mundo. Os seguintes perfis dão uma ideia das diferenças:

Quem tem atenção meticulosa, tem interesse em tudo, mas isto pode sobrecarregar a memória com detalhes sem importância. Quem se encaixa nessa categoria tende a ser perfeccionista, detalhista e dotado de excelente memória.

Quem tem interesse particular em campos específicos foca a atenção. Pessoas com interesse focado tendem a procurar impressionar os outros com a extensão de seus conhecimento em assuntos específicos.

Quem é desatento não tem muito interesse pelo ambiente. Este perfil tende a perder ou esquecer coisas com frequência. Essas pessoas raramente se aprofundam em algo e as suas lembranças são narcisistas e irregulares.

Provavelmente, você reconhece seus traços em cada um desses perfis. O importante é permanecer flexível, bem focado em áreas selecionadas de interesse, mas com a mente aberta e capaz de lidar com novas demandas e desafios. Essa postura vai garantir uma memória bem-sucedida.

Melhorar atenção: como fazer isso?

Para melhorar a atenção, siga estes cinco passos:

Permaneça alerta: mantenha a mente aberta e esteja pronto para aprender coisas novas. E, ao registrar novas informações, faça um esforço para livrar-se de todas as preocupações relacionadas.

Mantenha os seus interesses e a sua curiosidade em diversas áreas: nenhum limite de idade se aplica aqui. Abandonar certos interesses não implica cair num estado de indiferença. Mas você precisa encontrar outros para substituí-los e manter as suas faculdades alertas. Defina o que é importante armazenar e o que não vai ser útil para você. Reserve espaço na memória para aprendizados consistentes.

Faça planos e execute-os: todo projeto permite que você se desenvolva ou progrida, além de dar sentido à vida, mesmo que ele mude ou se transforme em outra coisa. Isso sempre motiva você a ficar atento, a melhorar a atenção, porque o mantém aberto para o mundo externo.

Mantenha ou crie novos contatos estimulantes com outras pessoas: estimule consideravelmente a sua atenção mantendo uma boa rede de relacionamentos sociais. Selecionar uma ou duas áreas de interesse que lhe permitam encontrar outras pessoas é uma boa maneira de criar novas redes igualmente estimulantes.

Exercite seu cérebro com novidade, variedade e desafio crescente: a ginástica cerebral é uma alternativa saudável para melhorar a atenção. A prática de atividades fora da rotina proporciona atividades que tiram o cérebro da zona de conforto, que por sua vez, fortalecem as sinapses (conexões entre neurônios) e melhoram o desempenho do cérebro em todas as áreas da vida, inclusive, em momentos em que a atenção é exigida. No SUPERA, a atenção é desenvolvida por meio de diversas ferramentas, inclusive pelos exercícios de ábaco.

Assessoria de Imprensa SUPERA

Supera - Ginástica Cerebral, Pratique! Curso para todas as idades

Mantenha-se atualizado. Assine nossa Newsletter



Posts Relacionados