Ginástica cerebral no programa da TV Globo

Publicado em: 02/12/2016 por: Barbara

Gravação da matéria no SUPERA em Brigadeiro (SP)

Gravação da matéria no SUPERA em Brigadeiro (SP)

No último sábado (26), o “Como Será”, programa educativo da Rede Globo, destacou o curso de ginástica cerebral do SUPERA como uma opção eficaz e divertida para melhorar habilidades cognitivas como a memória.

A reportagem foi exibida no quadro “O Tema é…”, que toda semana traz um assunto diferente e, nesta edição, tratou sobre esquecimentos. Com isso, os telespectadores puderam conhecer algumas atividades do curso, que é voltado para pessoas de todas as idades: de crianças com dificuldades de concentração a idosos que querem melhorar a qualidade de vida.

Supera e você na Disney

Ao apresentar o assunto, a apresentadora Sandra Annemberg desafiou os telespectadores com uma charada divertida para estimular o cérebro que mostra um pouquinho do que é o curso de ginástica cerebral do SUPERA.

O repórter Alexandre Handerson foi até a unidade SUPERA Brigadeiro, na capital paulista, e experimentou as atividades do curso como aluno, ao lado de idosos, adultos e adolescentes.

Durante as gravações, o repórter participou de uma dinâmica divertida conduzida pela diretora pedagógica nacional da rede SUPERA, Solange Jacob. O mais novo “marombeiro do cérebro” – como ele apelidou descontraidamente os alunos SUPERA – aprendeu a usar o ábaco Soroban, uma das ferramentas pedagógicas da metodologia.

Solange conta que atividades essas ajudam a potencializar a memória de trabalho. “O que nós fizemos agora na verdade não é uma brincadeira, é um grande exercício para o cérebro”.

Um dos alunos da terceira idade, Pedro de Mattos, aposentado, dá seu depoimento sobre os benefícios do curso. “Eu estava em um estado de lassidão, com preguiça… [O curso] deu um despertar total em todos os sentidos: manter as atividades, desenvolver raciocínio, melhorar a memória e ter visões melhores no dia-a-dia”, conta o senhor, que mantém a mente sempre ativa.

Segundo Solange, também é possível exercitar o cérebro em casa com algumas mudanças práticas na rotina. “Se você escova os dentes com a mão direita, alterne. Se você costuma levantar um pouco mais cedo ou um pouco mais tarde, faça coisas diferentes, procure caminhos diferentes. Mudar a rotina é essencial”, declara a especialista ao repórter.

Alexandre ouve atentamente e completa com uma dica preciosa: não basta pensar apenas no corpo, é necessário tirar a mente da zona de conforto!

Confira a reportagem:

Barbara

Supera - Ginástica Cerebral, Pratique! Curso para todas as idades

Mantenha-se atualizado.
Assine nossa Newsletter

Posts Relacionados