GINÁSTICA CEREBRAL
Ciúme ativa a mesma área do cérebro que a dor

Publicado em: 25/03/2013 por: Assessoria de Imprensa SUPERA

ciume ativa a mesma area do cerebro que a dor

O ciúme, assim como a paixão, o amor e o ódio, dá trabalho não só para o coração: este sentimento que muitos acreditam até ser bom para relacionamentos amorosos também mexe com o cérebro, principalmente quando manifestado de forma excessiva.
A neurociência, através de estudos e ressonâncias magnéticas, mostrou que o ciúme faz funcionar com mais intensidade uma parte do cérebro chamada córtex anterior cingulado (CAC), a mesma área ativada quando sentimos dores físicas. Isto talvez explique, portanto, porque sofremos quando sentimos ou somos alvos de crises e ataques de ciúmes.

Alguns estudiosos, como o neurologista japonês Hideshiko Takahashi, dizem ainda que o ciúme é diferente no cérebro dos homens e das mulheres. “Quando sente ciúmes, o homem usa partes do cérebro ligadas a comportamentos agressivos e sexuais, como a amígdala e o hipotálamo. Já nas mulheres, a área mais ativada durante as crises de ciúme é o sulco temporal posterior superior, associado à percepção de emoções nas outras pessoas”, diz uma reportagem da revista SuperInteressante.
Embora ele comece como forma de preservar a relação entre homem e mulher, o ciúme pode rapidamente se transformar em um sentimento destrutivo. Ao primeiro sinal de infidelidade, soa um alarme no cérebro. Com a internet então, a situação piorou. Muita gente perde tempo tentando decifrar mensagens subliminares do amado com amigos e amigas no Facebook e no Twitter.
De acordo com uma pesquisa feita por psicólogos canadenses, com 308 voluntários, as redes sociais alimentam o ciúme. Isso porque 74,6% das pessoas adicionam ex-namorados ou rolos, prato cheio para os ciumentos de plantão.
O interessante destas pesquisas sobre o ciúme é que, como ele está associado à mesma área do cérebro que as dores físicas, futuramente poderemos ter remédios para aliviar seus efeitos. Os ciumentos poderão dormir mais tranquilos.
Ginástica cerebral
Todos os assuntos relacionados ao cérebro são de interesse do SUPERA, primeira escola especializada em ginástica cerebral da América Latina e que já possui 93 unidades, uma delas em Lisboa, Portugal.
Em nossas escolas, usamos como material didático ábaco, apostilas, jogos e dinâmicas de grupo. O curso é frequentado por crianças que querem melhorar suas notas na escola, profissionais que buscam maior desempenho no trabalho e idosos que querem preservar sua saúde mental e manter-se ativos por mais tempo.
A ginástica cerebral é uma atividade que ativa conexões neurais, quando experimentamos sensações novas ou realizamos atividades desafiadoras. Ela potencializa as capacidades do cérebro como atenção, concentração, memória e raciocínio.

Supera e você na Disney

Assessoria de Imprensa SUPERA

Supera - Ginástica Cerebral, Pratique! Curso para todas as idades

Mantenha-se atualizado. Assine nossa Newsletter



Posts Relacionados