Férias: o que fazer pelo cérebro do seu filho

Publicado em: 09/07/2024 Por Caroline Goulart

As férias são um período crucial para o desenvolvimento equilibrado e saudável das crianças. Além de passarem mais tempo com a família, elas descansam e recarregam as energias após um longo período de estudos. Elas também têm a chance de interagir com amigos e conhecer novas pessoas e ambientes, benefício para desenvolver habilidades sociais.

Férias: o que fazer pelo cérebro do seu filho - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
Férias de julho: o que fazer com o tempo livre das crianças?

Segundo Lívia Ciacci, neurocientista parceira do SUPERA – Ginástica para o Cérebro, as férias também proporcionam um aprendizado informal, fora do ambiente escolar, como visitas a museus, parques, viagens e outras atividades enriquecedoras. “Com mais tempo livre, a criatividade, que é trabalhada pelo cérebro em segundo plano (quando não estamos focados em nada), também é mais evidente e pode ser mais estimulada. Como um todo, as férias reduzem o estresse acumulado do ano letivo e promovem um bem-estar físico e emocional na grande maioria dos casos”, diz.

Férias: o que fazer pelo cérebro do seu filho - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
Colônia de férias: diversão garantida.

Lívia explica que as colônias de férias podem ser ótimas opções para socialização, novas amizades, trabalho em equipe, estímulo à independência, atividades diversificadas e um ambiente seguro com planejamento e supervisão por profissionais. “No entanto, é necessário escolher uma colônia de férias bem recomendada e que se alinhe com os interesses e necessidades da criança, além de verificar a infraestrutura e qualificação dos profissionais envolvidos. Mas não se esqueça, o desenvolvimento cognitivo também precisa de tempo ocioso, à toa, sem supervisão e sem atividades com regras”, afirma.

Cuidadores

Julho é o mês dos avós e a relação com eles também pode ser uma excelente aliada. “Passar o momento das férias com os avós ou outros cuidadores pode ser muito positivo para o bem-estar mental das crianças, pois pode fortalecer os laços e vínculos familiares, criando memórias afetivas. Os avós tendem a dar muita atenção e carinho, o que é reconfortante e positivo para as crianças, além de serem excelentes em contar histórias e tradições, gerando a sensação de pertencimento à família e entender suas raízes. Passar esse tempo de qualidade ouvindo sobre as tradições e valores familiares, pode ser valioso para a formação do caráter e identidade da criança”, explica Lívia. 

Férias: o que fazer pelo cérebro do seu filho - SUPERA - Ginástica para o Cérebro
26 de julho: Dia dos Avós!

Atividades balanceadas

Manter atividades balanceadas com tempo livre traz vários benefícios. “As mais indicadas são aquelas que combinam a diversão com um aprendizado informal, sem pressão, como por exemplo jogos de tabuleiro com os familiares ou amigos, garantindo um tempo de qualidade, ou atividades manuais que ajudam o desenvolvimento e coordenação motora, como desenhos, pinturas, jardinagem, e até mesmo música e dança, podendo inclusive se tornar um hobby para a criança. As atividades devem promover um equilíbrio saudável para manter o corpo e a mente da criança ativos e sem pressão, em um ambiente seguro e reconfortante. E ainda trazer o benefício de desenvolver habilidades de socialização, criatividade, disciplina e coordenação, de maneira agradável e lúdica”, explica Lívia. 

7 dicas de atividades que você pode fazer em casa para se divertir com seu filho nas férias:

  1. Atividades físicas ao ar livre, como: andar de bicicleta, caminhadas em trilhas, jogar bola, além de se exercitar. Ajuda a se desligar da internet e criar conexão com amigos e familiares.
  2. Incentivar a leitura de livros apropriados para a idade, combinada com uma pequena recompensa ao final da leitura, como discutir o que leu com a família, ou jogos relacionados ao livro, que garantirão que ela fixe o aprendizado adquirido na leitura.
  3. Noite da massinha: junte os familiares e amigos e se divirtam tentando reproduzir desenhos nas massinhas de modelar! A diversão será garantida e ainda trabalharão a criatividade e coordenação motora, além de proporcionar tempo de qualidade.
  4. Jardinagem: chame seu filho para plantar mudinhas de plantas e cuidar das que já tem em casa, esse contato com a terra é excelente para aliviar o estresse e a ansiedade, além de ensinar valiosas lições sobre o meio ambiente e conscientização.
  5. Viagens em família, para visitar novos lugares, pontos turísticos e praias, o que proporciona aprendizado e muita diversão.
  6. Leve o seu filho em uma unidade SUPERA para conhecer o ábaco e os jogos.
  7. E nada de excesso de telas no tempo livre, a melhor maneira de aproveitar esse tempo é com o corpo todo. A criança está em desenvolvimento, e o cérebro depende do corpo e o corpo depende do cérebro, os dois precisam estar em harmonia, por isso as atividades mais indicadas envolvem movimento, coordenação e força muscular!

Há muitas coisas que você pode fazer para exercitar o cérebro da sua criança nas férias, e uma delas é garantir uma aula experimental gratuita no SUPERA! Clique na imagem abaixo e cadastre-se! 👇

Férias: o que fazer pelo cérebro do seu filho - SUPERA - Ginástica para o Cérebro

Gostou do conteúdo? Comente e compartilhe!

Compartilhar este artigo
  • X
  • LinkedIn
  • Share

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Nenhum comentário ainda

Nenhum comentário para "Férias: o que fazer pelo cérebro do seu filho"

Faça um comentário

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 400 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.