Exercite seu cérebro com o computador

Publicado em: 19/06/2015 por: Barbara

Inclusao digital na terceira idadeA tecnologia agora faz parte da vida de quem está na terceira idade. De acordo com uma pesquisa da Telehelp, 66% dos idosos brasileiros usam regularmente a internet e 45% afirmam fazer compras online.

O Facebook é a rede favorita dos idosos: 95% dos entrevistados dizem ter um perfil e fazer uso da rede de relacionamentos. A pesquisa falou com mais de 500 pessoas com idade acima dos 60 anos.

Com um número cada vez mais expressivo de idosos conectados, algumas universidades brasileiras estão aderindo a projetos de inclusão digital para a terceira idade. Estes projetos estão se tornando grande aliados deste público, porque promovem a socialização e, principalmente, mantém o cérebro ativo.

“Em qualquer faixa etária, inclusive na terceira idade, a inclusão digital traz benefícios, tais como a aquisição de novos conhecimentos, ampliação das redes de relacionamento e conexão com o mundo contemporâneo. Melhora a autoestima e auto eficácia”, afirma Elisandra Vilella, Fonoaudióloga, Mestre em Gerontologia.

Supera e você na Disney

Além disso, as atividades do idoso no computador funcionam como uma ginástica cerebral, porque aprender coisas novas e superar o medo do novo exigem esforço. Ler notícias, gerenciar finanças e pesquisar assuntos de interesse é uma ótima forma de exercitar os neurônios.

Quando computadores, tablets e smartphones são utilizados de maneira sistêmica, eles podem ser uma fonte de estímulo para o cérebro, pois compreender o funcionamento dessas ferramentas exige atenção e raciocínio, até que o idoso tenha domínio da tecnologia.

Tudo que é novo e desafiador funciona como ginástica cerebral. Quando estimulado de forma adequada, o cérebro ativa suas conexões neurais e melhora suas funções.  Para os idosos, a ginástica cerebral também é uma boa aliada para estimular a memória e retardar sintomas de doenças degenerativas do cérebro, como o Mal de Alzheimer.

As atividades que estimulam as conexões entre os neurônios mantêm o cérebro ágil e saudável, garantindo qualidade de vida na terceira idade. E como o Método SUPERA quer que você mantenha seu cérebro sempre em forma, preparamos três dicas para quem quer aprender a usar o computador e acessar a internet.

3 Dicas para aprender a usar o computador

Peça ajuda a alguém mais jovem: um dia seus netos também tiveram que aprender a manusear esta tecnologia. Portanto, não tenha vergonha. Pergunte. Anote as dicas e siga-as, até decorar o passo a passo.

Pratique sempre: seu neto digita rápido demais e aperta vários botões ao mesmo tempo? Não se preocupe. Conforme a necessidade, você também vai aprender a funcionalidade de cada botão. E não esqueça: é necessário praticar. Insista!

Deixe a internet por último: depois de praticar bastante o básico, como ligar e desligar o computador, e como usar o teclado, você poderá aprender a acessar a internet. Converse com seus amigos, peça ajuda aos filhos e netos. Uma das coisas mais gostosas da internet é poder reencontrar amigos de longa data, que vivem longe, mas estão conectados. Treine seu cérebro e vá além.

Barbara

Supera - Ginástica Cerebral, Pratique! Curso para todas as idades

Mantenha-se atualizado. Assine nossa Newsletter



Posts Relacionados