Cuidado: o cérebro pode boicotar seus planos financeiros

Publicado em: 02/12/2013 por: Assessoria de Imprensa SUPERA

A ginástica cerebral, atividade que combina teorias de aprendizado e neurociência, também desenvolve regiões do cérebro relacionadas a nossos impulsos de consumo

Se uma de suas metas para 2014 é equilibrar melhor suas finanças, é importante se atentar para as armadilhas do cérebro. Este órgão tão importante do nosso corpo, que nos ajuda a fazer tantas coisas boas, também pode sabotar nossos planos. A sorte é que hoje já existem muitos recursos que nos permitem entender e controlar os impulsos coordenados por nossos neurônios.
A ginástica cerebral é uma prática que ajuda a desenvolver regiões do cérebro que estão diretamente ligadas aos nossos comportamentos de consumo: a social/reptiliana, a afetiva/límbica e a cognitiva/neocortical. Conhecê-las e exercitá-las pode ajudá-lo a controlar sua conta bancária.
A reptiliana é responsável pelo impulso, a do sistema límbico comanda as emoções e a terceira é a lógica estrategista, onde nascem os impulsos da reflexão. A região cognitiva, a mais desenvolvida por quem pratica ginástica cerebral, é a área que pode ajudar nas finanças.
Quando esta área está em ação constantemente, a pessoa sempre pensa antes de agir. É preciso exercitar muito o cérebro para controlar os impulsos de seus neurônios, sobretudo porque somos sedentos por recompensas imediatas. O ato de consumir desencadeia no cérebro reações que traduzem em sensações de prazer. Já a decisão de adiar um gasto leva a sensações de contrariedade.
  Curso de ginástica cerebral No Brasil, o SUPERA é a primeira empresa a oferecer um curso de ginástica cerebral. A marca já possui 100 escolas em todo o país e está fazendo sucesso entre adultos.
A prática desenvolve capacidade de atenção, concentração, memória e raciocínio lógico. Os benefícios do curso podem ser notados na vida pessoal, acadêmica e profissional do aluno.
A ginástica cerebral é uma atividade que combina teorias de cognição com conceitos da neurociência (em particular técnicas de mapeamento cerebral com a ressonância magnética funcional). Dentro da neurociência, existe o conceito novo de neuroplasticidade, que é a capacidade que o cérebro tem de se modificar, estabelecendo novas conexões neuronais e melhorando sua performance em várias áreas de atuação.
SUPERA – Departamento de Comunicação e Mídia (12) 3341 9929

Supera e você na Disney

Assessoria de Imprensa SUPERA

Supera - Ginástica Cerebral, Pratique! Curso para todas as idades

Mantenha-se atualizado. Assine nossa Newsletter



Posts Relacionados