Como saber se uma criança é superdotada?

Publicado em: 25/07/2022 | Última modificação em 27/07/2022 Por Assessoria de Imprensa SUPERA

Você já deve ter visto alguma criança super inteligente e que, em algum momento, passou pela sua cabeça que ela pode ser uma superdotada. Nesse artigo, falaremos sobre as características dessas crianças e como podemos identificá-las.

Com apenas 5 anos Wolfgang Amadeus Mozart já escrevia seus próprios concertos. Albert Einstein demonstrou o Teorema de Pitágoras a um tio aos 7 anos. Quando criança, ao invés de construir casas com blocos de madeira, Isaac Newton fez um moinho solar e um quadrante solar de pedra, hoje exposto na Sociedade Real de Londres.

Esses são alguns dos gênios mais conhecidos da história da humanidade, mas ao contrário do que se possa imaginar, eles não são os únicos, há muitos outros por aí que vivem entre nós.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, 5% da população é superdotada ou possui um alto grau de habilidade, aplicada aos 47 milhões de estudantes matriculados na educação básica no Brasil, segundo o censo de 2020, essa porcentagem totaliza 2,3 milhões de jovens superdotados em nosso país.

Esse número, no entanto, ainda não corresponde à realidade, isso porque muitas pessoas ainda possuem dificuldades para identificar as características de uma criança superdotada ou que possui um alto grau de habilidade, e é sobre isso que falaremos no artigo de hoje.

Crianças superdotadas não possuem esteriótipo

Crianças superdotadas não possuem esteriótipo. Uma das coisas que precisamos deixar de lado é aquela ideia de que pessoas extremamente inteligentes são também aquelas reclusas, com pouca aptidão social e derrubam o livro quando o valentão da escola passa, como nos filmes.

Hoje em dia, além das competências de raciocínio lógico, facilidade para realizar cálculos e equações, uma criança pode ser considerada superdotada tendo em vista as dimensões de ordem física, emocional ou social, isso quer dizer que um superdotado pode, tranquilamente, ser o capitão de time de futebol.

No entanto, uma das razões que reforça esse estereótipo é o fato de que crianças superdotadas podem encontrar problemas para se comunicar com as demais da sua idade, ficando, portanto, mais isolada. Ela também possui facilidade para resolver seus desafios por conta, tornando desnecessário pedir ajuda aos demais. 

Inclusive, existem pessoas superdotadas que fazem grandes descobertas e guardam apenas para si, mas elas nunca passam despercebidas  pelos olhos de outras pessoas.

Por isso, vamos entender como identificar uma criança superdotada?

Como identificar uma criança superdotada?

Um dos métodos mais utilizados para identificar uma criança superdotada é o teste de Quociente de Inteligência, popularmente conhecido como teste de QI. Nessas simulações, quanto melhor for o seu desempenho, mais inteligente ela será considerada.

Existe uma média de pontuação para categorizar esse tipo de pessoa. Quando a pontuação fica acima de 140 ela é considerada superdotada, quando esse número ultrapassa 180, a criança já pode ser classificada como gênio. 

No Brasil, a Associação para Altas Habilidades é responsável por identificar e realizar a triagem dessa pequena parcela da população super inteligente. O Conselho Brasileiro para Superdotação representa os interesses deste grupo e recomenda procedimentos que podem ser adotados para identificar crianças superdotadas em potencial.

No entanto, o diagnóstico nem sempre é exato. Em entrevista ao UOL, a superintendente do Instituto Lecca, que acolhe crianças superdotadas de baixa renda, Maria Clara Sodré explica que “Muitas vezes, há uma confusão no diagnóstico. Uma criança inquieta pode ser vista como alguém hiperativo, quando, na verdade, ela pode estar apenas demonstrando tédio em relação a algo que ela já sabe”.

Você sabe a diferença entre criança superdotada e inteligente?

O conceito de inteligência passou por diversas mudanças ao longo do tempo, de cientista que realiza experimentos em seu laboratório a pessoas comuns. Hoje em dia uma pessoa considerada inteligente é aquela que possui habilidade de se relacionar, de solucionar problemas e se adaptar às mudanças na sociedade.

Por outro lado, uma criança superdotada possui um nível de conhecimento elevado sobre determinado assunto ou atividade. Geralmente essas competências são hereditárias mas também se desenvolvem se o ambiente for propício a tal.

Pode parecer difícil reconhecer um superdotado, mas de maneira geral, essas pessoas possuem facilidade de aprender coisas muito variadas e com rapidez.

Embora não haja um consenso sobre as principais características de uma criança superdotada, existem traços em sua personalidade e seus comportamentos que são mais comuns, como o fato de possuírem:

  • Desenvolvimento físico precoce (engatinhar e andar antes da hora);
  • Possui um vocabulário amplo e uma linguagem sofisticada para a idade;
  • Demonstra facilidade de aprendizagem com pouca instrução;
  • Possui alto nível de concentração em determinada atividade ou assunto, comportamento que muitas vezes os tornam especialistas na área;
  • Demonstra maior sensibilidade às emoções alheias.

Você sabia?

Após a morte do gênio Albert Einstein, estudiosos abriram seu crânio à procura de evidências que justificassem tamanha genialidade, mas não encontraram respostas claras. Existe, no entanto, uma hipótese de que, nos cérebros de superdotados, há uma maior quantidade de conexões entre os neurônios.

Como saber se uma criança é superdotada? - SUPERA - Ginástica para o Cérebro

Entre superdotados a incidência de miopia é consideravelmente maior quando comparada aos demais, segundo um estudo publicado na National Library of Medicine

Nosso cérebro é um órgão poderoso e ao treiná-lo você potencializa habilidades importantes, como raciocínio, memória, lógica e concentração e uma das formas para exercitar nossas capacidades cognitivas é a ginástica para o cérebro do método SUPERA.

As aulas são voltadas para crianças a partir dos 5 anos e possuem uma metodologia pautada em conceitos da neurociência, como a neuroplasticidade, a capacidade que nosso cérebro possui de se modificar quando estimulado de maneira adequada.

Em nossas unidades, os estímulos cognitivos são feitos por meio de jogos, apostilas e o ábaco, uma ferramenta milenar de cálculos que aos poucos permite que as crianças façam cálculos complexos sem a ajuda de nenhuma ferramenta.

Clique aqui para conhecer mais sobre o SUPERA e aqui para agendar uma aula grátis.

Compartilhar este artigo

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Visualizar os 3 comentários

3 comentários para "Como saber se uma criança é superdotada?"

Faça um comentário

  • Ester Verônica Silva disse:

    Achei maravilhoso o que eu li sobre pessoas muito dotadas e inteligentes,pq. Eu tenho um filho assim

  • Maria Do Carmo Beal MartinsSempre de.onstri ser inteligente. Frequentei duas faculdades, LETRAS E DIREITO disse:

    Não aceito ter parado de trabalhar. Acredito que sou sadia mentalmente, não vou me entregar nos primeiros obstáculos.

  • Elizabetacheih Maria de melo disse:

    Achei muito importante e acredito na capacidade de que esse curso possa ajudar muitas pessoas a conviver com mais informações
    na nossa sociedade.

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 400 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.