Como melhorar a memória

Publicado em: 06/08/2014 por: Barbara

Como melhorar a memória

Você sabia que o cérebro pode deixar de lado as funções cognitivas que são menos utilizadas? Talvez seja por isso que você anda dizendo que a memória já não é mais a mesma. Mas a neurociência pode te ajudar a entender isso.

De acordo com a neurocientista e consultora do SUPERA, Dra. Carla Tieppo, a comodidade que a tecnologia propõe faz com que o cérebro seja cada vez menos estimulado, diminuindo a prática de exercícios para o cérebro, que por sua vez, podem melhorar a memória, por exemplo.

Supera e você na Disney

“No ambiente em que vivemos de baixos estímulos cerebrais, todos precisam praticar ginástica cerebral. São os exercícios de memória que melhoram a cognição”, conta.

Quando falamos em ginástica cerebral, nos referimos a atividades que fazem com que o cérebro trabalhe de maneira diferente, buscando novas soluções e, consequentemente, criando novas redes neuronais.

Isso se reflete em mais criatividade, mais concentração, atenção e menos lapsos de memória.

Uma das dicas sugeridas pela neurocientista é exercitar as funções cerebrais, pois desta forma, as chances de executá-las com mais eficiência aumentam.

O cérebro é como um músculo do corpo que precisa de exercícios para ficar mais forte, por meio de desafios com níveis de dificuldades cada vez maiores para que os resultados apareçam gradativamente.

Os exercícios para o cérebro têm o poder de fazer com que as tarefas sejam executadas mais rapidamente e com mais facilidade, ou seja, você se torna mais eficiente e economiza tempo para novas atividades.

Para equilibrar a falta de desafios que a sociedade moderna deixa a desejar, os exercícios para o cérebro são o caminho mais saudável e divertido de manter a saúde do cérebro e melhorar as capacidades cognitivas.

 

Barbara

Supera - Ginástica Cerebral, Pratique! Curso para todas as idades

Mantenha-se atualizado.
Assine nossa Newsletter

Posts Relacionados