Como ensinar criança a usar o ábaco

Publicado em: 01/08/2014 por: Assessoria de Imprensa SUPERA

educadores do supera ginastica cerebral

 

O 2º dia do Encontro Nacional de Educadores foi rico em difusão do conhecimento e troca de experiências. Em uma das oficinas preparadas por educadores veteranos, o tema abordado foi o SUPERAtacado, um dinâmica aplicada em sala de aula que ensina os alunos a gostarem do ábaco.

Ministrada pela educadora Simone Shimamoto, franqueada do SUPERA Uberlândia (MG), e pela educadora da unidade Hérica Ribeiro, a oficina apresentou uma das boas práticas de aplicação da metodologia na rede.

O SUERAtacado é uma brincadeira didática, que facilita a prática do ábaco por crianças, por meio da compreensão da lógica numérica.

Supera e você na Disney

“Acreditando que o número é o conceito exigido para as vivências lógicas, a fim de aprimorar o raciocínio lógico, propomos o Superatacado, um minimercado voltado para crianças, que simula as situações de compra e venda. Desta forma, é possível aprimorar as habilidades desenvolvidas com o SUPERA”, conta Simone Shimamoto.

Os conceitos exercitados neste trabalho são: lógica numérica, classificação, sequência, seriação, ordenação, quantificação, planejamento e a base de troca, conceito muito utilizado nos exercícios para o cérebro das apostilas de ábaco, como as operações de cálculo que envolvem base 5 e base 10.

Com isso, os alunos passam a ver o ábaco com outros olhos e desenvolvem a capacidade de superação. “Conseguimos reverter alguns casos em que o aluno era contra a regra de contagem”, continua.

A oficina contou com cerca de 20 participantes, entre franqueados e educadores do SUPERA. Todos puderam praticar este exercício para o cérebro no momento da oficina. “Poder compartilhar esta experiência é muito gratificante para nós. Ver as pessoas interagindo, participando e contribuindo para melhorar nos motiva a continuar fazendo este trabalho”, diz Hérica, após ministrar sua primeira oficina.

Durante a oficina, os presentes puderam vivenciar a proposta da oficina. Em pequenos grupos, a sala exercitou a técnica do Superatacado.

“É um novo instrumento para utilizarmos em sala de aula, não somente para as crianças, mas para a terceira idade também. Esta técnica pode ser útil no cotidiano dos adultos, uma forma de transcender o ábaco para o dia a dia”, afirma Jeferson Moro, do SUPERA Guaratuba (PR).

No 1º Encontro Nacional de Educadores SUPERA, o segundo dia começou com uma palestra da neurocientista Carla Tieppo, com o tema “Por que a neurociência deve ir para a sala de aula”. Em seguida, os participantes puderam escolher entre três oficinas montadas por educadores veteranos do SUPERA.  A agenda também contempla uma palestra da psicopedagoga Lília Maíse de Jorge, com o tema Operações Mentais.

Acompanhe aqui no site as novidades deste evento inédito da rede SUPERA Ginástica para o Cérebro.

Assessoria de Imprensa SUPERA

Supera - Ginástica Cerebral, Pratique! Curso para todas as idades

Mantenha-se atualizado.
Assine nossa Newsletter

Posts Relacionados