Cabecear bola causa lesões no cérebro

Publicado em: 09/04/2014 por: Barbara

Cabecear bola causa lesoes no cerebro

Uma bela jogada seguida de um gol de cabeça. Torcedores e amantes do futebol vibram durante a partida. Porém, cientistas descobrem que cabecear a bola pode trazer danos cognitivos.

Realizado na Universidade de Yshiva, em Nova York, os testes foram aplicados em 37 jogadores amadores, com idade entre 21 e 44 anos, dividida entre dois grupos, os que cabeceavam mais e os que cabeceavam menos.

Supera e você na Disney

Os cientistas compararam neuroimagens desses jogadores e observaram que o cérebro daqueles que diziam cabecear com mais frequência apresentava alterações microestruturais na substância branca, visualizada também em pacientes com lesão cerebral traumática.

Além disso, estes jogadores apresentaram nota inferior em relação aos que cabeceavam menos em testes cognitivos. De acordo com os pesquisadores, essas microlesões podem se acumular com o tempo e causar danos a longo prazo.

As consequências ainda são desconhecidas pelos estudiosos, mas foi estipulado que a partir de 1 800 cabeceadas é possível perceber os efeitos negativos na memória.

Porém, sabemos que é impossível evitar este tipo de jogada em uma partida de futebol. Portanto, uma alternativa que pode amenizar estes efeitos é a prática dos exercícios para o cérebro.

Mentes ágeis, lógicas e focadas transformam a performance dos jogadores. A habilidade de raciocinar rapidamente e com criatividade é aprimorada com os exercícios para o cérebro.

Por estas e outras razões, os exercícios para o cérebro são cada vez mais procurados por jogadores de vôlei, futebol, nadadores e lutadores, que buscam na ginástica cerebral, desenvolver as habilidades fundamentais para cada esporte.

 

 

Barbara

Supera - Ginástica Cerebral, Pratique! Curso para todas as idades

Mantenha-se atualizado.
Assine nossa Newsletter

Posts Relacionados