Brasileiros bons de matemática

Publicado em: 07/04/2015 Por Assessoria de Imprensa SUPERA

Para muita gente, fazer contas de cabeça ou estudar matemática pode ser como escalar o Everest sem nunca ter subido uma ladeira no próprio bairro. Mas existe, é claro, a turma do contra.

Não é preciso ir muito longe: na feira, no bar da esquina, na família e na empresa sempre é possível encontrar aquela pessoa que surpreende, que consegue fazer contas de cabeça mais rápido que uma calculadora.

Saber calcular, e, portanto raciocinar com agilidade, é importante porque a matemática está presente em muitas situações do cotidiano: conferir o troco no caixa do supermercado, compreensão de textos na escola, seguir medidas de receita de bolo… E não é só isso. O raciocínio lógico também ajuda a encontrar soluções criativas para problemas inusitados, agir com inteligência durante um acidente, fazer a defesa de um cliente no tribunal …

2015Supera e você na Disney

As vantagens são muitas em todas as idades! Para quem ainda não domina o assunto, a boa notícia é que o raciocínio também pode ser treinado. Existem exercícios, ferramentas e até jogos que podem ajudar as pessoas a vencerem o obstáculo dos números e a estimular a área do cérebro responsável pelo raciocínio.

 Mais rápido que uma calculadora – Brian Sandretti

Entre as ferramentas mais poderosas para o cérebro está o ábaco. Já ouviu falar? Instrumento milenar até hoje muito usado no Oriente, ele está sendo popularizado no Brasil pelo SUPERA, uma rede de escolas dedicada ao desenvolvimento do cérebro.

O brasileiro Brian Sandretti, um dos primeiros alunos do SUPERA, é craque na ferramenta e consegue fazer cálculos mentais como ninguém

“Eu imagino que estou usando o ábaco e, mentalmente, consigo somar quantos números decimais você quiser. Já com o instrumento em mãos, faço cálculos com números de até 4 algarismos acompanhando o ritmo da calculadora”, desafia o expert.

Brian faz parte de um grupo de milhares de brasileiros apaixonados pelo ábaco. Segundo ele, não existe nenhum segredo e não é preciso ser um gênio para desenvolver o cérebro a este ponto. A fórmula é composta apenas de muito treino e dedicação. E o melhor: qualquer pessoa pode chegar ao mesmo nível que ele.

“No SUPERA, muitos alunos são bons no ábaco e conseguem fazer cálculos mentais com facilidade. Quando aprendem a calcular, querem se desafiar fazendo ditados de velocidade de raciocínio. E, acreditem, eles se divertem com isso”, conta Brian, hoje professor da rede.

Assista agora um vídeo demonstrativo da habilidade de Brian Sandretti.

Compartilhar este artigo

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário ;)

  • Nenhum comentário ainda

Nenhum comentário para "Brasileiros bons de matemática"

Faça um comentário

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 400 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.