8 dicas de organização para manter a memória saudável

Publicado em: 21/11/2018 por: Assessoria de Imprensa SUPERA

8 dicas de organização para manter a memória saudável - SUPERA - Ginástica para o Cérebro

Confira 8 dicas de organização e manutenção de ambientes que podem garantir uma memória saudável

Sair de casa e não lembrar aonde colocou as chaves. Esquecer de um compromisso importante ou uma data de aniversário. Esquecer a senha do cartão. Quem nunca teve esses lapsos de memória? Situações que são cada vez mais recorrentes na rotina de pessoas de todas as idades.

A maneira como organizamos e adaptamos o ambiente aonde estamos pode ser fundamental para a manutenção da memória. Alguns gatilhos podem ser utilizados de forma que possamos exercitar a mente e lembrarmos de detalhes fundamentais no dia a dia. Confira 8 dicas que podem facilitar a sua vida e deixar sua memória afiada:

  • Mantenha à vista lembretes sobre coisas a fazer, telefonemas a dar, contas a pagar, datas importantes, compras necessárias etc. A porta da geladeira, o criado-mudo, o espelho do banheiro ou um mural no quarto são ótimos lugares para isso. Se você manter os lembretes sempre no mesmo lugar, saberá aonde encontrá-los quando necessário; isso facilitará a sua rotina.
  • Coloque avisos para lembrar-se de trancar a porta, fechar as janelas ou apagar as luzes.
  • Crie uma organização para suas coisas. Arrume-as de acordo com o lugar de uso, categorias, funções, de maneira que a organização faça sentido para você. Por exemplo, crie um sistema para organizar contas que já foram pagas, de acordo com cada categoria: contas básicas da casa, cartões de crédito, seguro saúde, escola dos filhos etc. Crie outro sistema, se possível pasta de cores ou formatos diferentes, para as contas a pagar. Determine aonde manterá aquelas que chegam pelo correio e como irá se lembrar de pagá-las. Você pode optar por envelopes sanfonados com dias marcados, ou poderá anotar as datas de vencimento em sua agenda, ou ambos. Uma providência útil é usar o débito automático e o agendamento eletrônico, que a maioria dos bancos colocam à nossa disposição.
  • Você pode optar por deixar roupas para a lavanderia em frente à porta de saída de casa. Assim terá a obrigação de vê-las e se lembrar delas. Outra opção é colocar o celular em algum lugar inusitado até lembrar de fazer determinada ligação. Há quem prefira, por exemplo, mudar o relógio de braço ou trocar a aliança de dedo até realizar determinada tarefa.
  • Estabeleça um lugar para guardar coisas como bolsas, óculos ou chaves e certifique-se de sempre colocá-las no mesmo lugar após o uso. Assim você não precisará desperdiçar energia tentando recordar onde deixou o carregador do celular, os fones de ouvido, o cartão do banco para sacar dinheiro, sempre que necessitar deles.
  • Anexar objetos no próprio corpo é uma boa opção. Por exemplo, manter chaves presas ao cinto, óculos pendurados no pescoço por meio de calças, cordões ou correntinhas, entre outros.
  • Se estiver em ambiente pouco familiar, identifique armários e gavetas de acordo com seu conteúdo (copos, roupas, pratos, objetos de higiene etc).
  • Siga uma rotina diária ou semanal de tarefas obrigatórias. A rotina ao contrário do que muitos pensam pode diminuir as demandas da memória, uma vez que nos leva a incorporar, automaticamente, as atividades necessárias a nosso cotidiano.
8 dicas de organização para manter a memória saudável - SUPERA - Ginástica para o Cérebro

Thais Bento Lima é gerontóloga e colunista do Blog do SUPERA Ginástica para o Cérebro

Supera e você na Disney

Assessoria de Imprensa SUPERA

Supera - Ginástica Cerebral, Pratique! Curso para todas as idades

Mantenha-se atualizado.
Assine nossa Newsletter

Posts Relacionados