Como turbinar o cérebro?

Publicado em: 09/11/2016 por: Barbara

turbinar o cérebro

Neurocientista francês revela seis hábitos saudáveis para turbinar o cérebro

Turbinar o cérebro depende de relacionamentos saudáveis, boa alimentação e exercícios físicos e mentais

Texto traduzido do site Happy Neuron

Turbinar o cérebro – De acordo com cientistas, o ser humano consegue fabricar novos neurônios aplicando em seu dia a dia alguns conceitos simples. Seguem abaixo as seis recomendações do professor Pierre-Marie Lledo, diretor do departamento de neurociências do Instituto Pasteur, em Paris, para turbinar seu cérebro:

  1. Fuja da rotina

Somente se produzem novos neurônios com novas atividades. Mudanças estimulam a neurogênese. A motivação, motor da aprendizagem, permite estimular e solicitar o cérebro, levando as células-tronco a desenvolver novos neurônios. Segundo Pierre-Marie Lledo, para turbinar o cérebro “é preciso respeitar a libido sciendi, ou seja, o desejo de compreender e aprender”.

  1. Livre-se das informações fúteis

A internet e as redes sociais despejam uma enxurrada de informações que, de acordo com o professor Lledo, devem ser classificadas. Mas quais delas privilegiar? As que são úteis, que nos ajudam a entender, pois são estas que vão favorecer a reconstituição dos circuitos neuronais e a turbinar o cérebro.

  1. Elimine ansiolíticos e soníferos

Medicamentos como ansiolíticos e soníferos afetam o funcionamento do cérebro. Segundo Pierre-Marie Lledo, o consumo crônico desses remédios coloca o cérebro no “piloto automático”, impedindo a produção de novos neurônios.

  1. Pratique uma atividade esportiva

Nunca é demais insistir nos benefícios do esporte. “Temos que lutar contra o sedentarismo, pois é comprovado cientificamente que durante a atividade física os músculos produzem substâncias químicas que, por via sanguínea, atuam diretamente no cérebro e particularmente nas células-tronco. Ou seja, está clara a correlação entre a prática do esporte e a fabricação de novos neurônios”, afirmou o especialista.

  1. Seja aberto aos outros

Sem que possamos controlá-las, algumas áreas de nosso cérebro são ativadas somente quando nos relacionamos com outras pessoas. É o que chamamos de ‘cérebro social’. Segundo o professor, “quanto mais você ativar sua alteridade, mais você estará cuidando de seu cérebro, pois ele será mais propenso a produzir novos neurônios”.

  1. Alimente-se bem

As neurociências e a microbiologia mostraram toda a eficácia de uma comunicação permanente entre nosso intestino e nosso cérebro. Assim sendo, nossa alimentação desempenha um papel crucial para a geração de novos neurônios. Precisamos privilegiar a adoção de um regime variado e a ingestão de fibras em detrimento do consumo de alimentos ricos em gordura e açúcar, que travam o desenvolvimento neuronal.

Supera - Ginástica Cerebral, Pratique! Curso para todas as idades

Mantenha-se atualizado.
Assine nossa Newsletter

Posts Relacionados