Neurocientista Carla Tieppo – Como evitar o estresse

Publicado em: 01/08/2017 por: Supera

O tempo todo ouvimos falar sobre os prejuízos do estresse em nossas vidas. E pensamos: como posso evitar o estresse neste trânsito absurdo? Como posso evitar o estresse com a economia em crise, meu emprego em risco e as contas vencendo? Há tantos motivos para nos estressarmos que parece mesmo impossível escapar a este destino. Mas quero conversar um minuto com você sobre uma forma de pensar que nos ajuda a lidera melhor com o estresse.
Quando nos estressamos, acionamos a mesma resposta automática que o cérebro dá a toda situação difícil de enfrentar.
Está resposta ativa uma parte do nosso sistema nervoso responsável pelo controle do funcionamento do nosso coração e dos pulmões, vasos sanguíneos e sistema nervoso, entre outros tantos. Estes órgãos vão proporcionar um monte de ajustes necessários para que você tenha mais sangue nos músculos e mais oxigênio disponível para poder ter mais agilidade e força muscular. Nesse momento temos a sensação de que estamos em perigo. Mas será que é verdade? Será que todos estes problemas que você enfrenta precisam de mais sangue nos músculos? A solução de todos os problemas está em bater ou correr. Lógico que não, né? Então faça o seguinte: conte ao seu sistema nervoso que o que está acontecendo mesmo parecendo ser muito ruim, não precisa destas respostas tão radicais. E fale numa língua que ele entende. A linguagem do seu corpo. Quando sentir o coração bater no pescoço e a mente acelerar num momento em que não adianta nada reagir, pare e respire. A respiração profunda e pausada tem o poder de acalmar e bloquear estas respostas. Diga ao seu cérebro através da respiração profunda que está tudo sob controle e que podemos pensar calmamente para tentar resolver o que nos aflige.
Estes exercícios de respiração podem ficar ainda melhores se você treinar seu cérebro para fazê-los quando não estiver precisando. Assim vai ser mais fácil colocar isso em prática quando o seu calo apertar.
Você pode dedicar cinco minutos do dia para fazer isso. O melhor momento é quando você chega em casa depois de um longo dia de trabalho ou quando chega da escola, bem cansado.
Treine seu cérebro para que ele seja capaz de respirar calmamente quando for preciso. E lembre-se: as respostas de estresse devem ser reservadas para quando elas forem realmente necessárias e seus músculos precisarem ser mais rápidos do que seus próprios pensamentos. Fora disso: respire e pense!

Supera e você na Disney

Compartilhar este artigo
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Share

SUPERA News

Mantenha-se atualizado. Assine nossa Newsletter

captcha



Posts Relacionados