Superfoods: alimente seu cérebro

Publicado em: 09/11/2016 por: Barbara

alimentos para o cérebro

Silvia Calil, nutricionista com especialização em alimentos para o cérebro

Superfoods fazem você se sentir mais enérgico, bem disposto e auxiliam na perda de peso

Superfoods – Novos estudos científicos têm mostrado que os neurônios podem manter sua integridade com apoio de um item chave: a dieta correta. Daí surge a dúvida que nós todos temos sobre o que incluir na alimentação diária, como escolher os melhores alimentos, qual a melhor forma de prepará-los e como alimentar nosso cérebro da maneira correta. A minha dica vai para a escolha dos chamados “superfoods”.

Em inglês, superfood é o nome dado ao alimento que possui propriedades nutricionais que vão além das tradicionais fontes de energia, proteínas e micronutrientes. Esses alimentos são grandes fontes de antioxidantes, polifenóis, vitaminas e minerais. Reduzem o risco de doenças crônicas, prolongam a vida, nutrem o cérebro e deixam os indivíduos que os consomem mais saudáveis.

Faz parte deste grupo o mirtilo ou blueberry, que tem como funções proteger o cérebro do estresse oxidativo, diminuir os efeitos das doenças cerebrais relacionadas à idade, melhorar a capacidade de aprendizagem e as habilidades motoras. Além disso, esses alimentos também estimulam a memória. Acrescente no iogurte no café da manhã ou no lanche da tarde.

Outro alimento que faz parte do grupo é a noz. Rica em compostos neuroprotetores que ajudam as habilidades motoras, aprendizagem e a memória. Seus componentes antioxidantes ajudam a prevenir o envelhecimento cognitivo.

superfoods

Superfoods são alimentos ricos em propriedades nutricionais que fortalecem a sua saúde física e mental

Ainda nesse grupo, encontramos o abacate, uma fruta rica em antioxidantes, vitamina A, C e E, além de vários minerais. É rico em gorduras saudáveis e seus benéficos para a saúde são: antiviral, antifúngico, auxilia na redução de colesterol e na manutenção da pressão sanguínea saudável. Além disso, contém ácidos graxos ômega-3 e vitamina E, importantes para manter a função cerebral adequada. O abacate pode ser usado em saladas, cortado em pedaços pequenos.

Lembra-se do tomate? Aquele que vai à nossa salada com alface e cebola? Ele é também um superfood. Contém licopeno, um antioxidante raramente encontrado em outros alimentos, que pode auxiliar na prevenção do câncer e reduzir o colesterol. Além disso, os tomates contêm grandes quantidades de potássio, fibra e vitamina C.

O brócolis contém fitonutrientes que podem auxiliar na redução do câncer, além de melhorar a imunidade. Também é rico em vitamina C e ácido fólico.

Já a castanha-do-Pará, que também é um superfood, apresenta em sua composição nutrientes como: selênio (responsável por prevenir o envelhecimento celular e proteger os neurônios), vitamina B (auxilia no sistema cardiovascular, no sistema nervoso, em funções intestinais e na qualidade de cabelos, unhas e pele), proteínas (responsáveis pela saúde dos músculos e neurônios), dentre outros. Com tantos benefícios, é ideal o consumo de duas unidades por dia.

Para terminar esta lista dos superfoods, não podemos esquecer do açaí, fruto brasileiro, cada vez mais popular na rotina alimentar por todas as regiões do Brasil. Consumido normalmente com outras frutas e granola, tem propriedades muito benéficas principalmente em sua versão original, não industrializada, sem conservantes ou outros aditivos. Auxilia na diminuição do colesterol e, consequente, melhora o funcionamento cardiovascular; possui efeito anti-inflamatório e é uma ótima fonte de energia e carboidrato de boa absorção.

Agora que você conhece os alimentos “superfoods”, inclua-os na sua dieta e aproveite os benefícios para a saúde do seu cérebro. Não esqueça que a atividade física e os exercícios para o cérebro fazem parte dos cuidados com a saúde. Até a próxima!

Supera - Ginástica Cerebral, Pratique! Curso para todas as idades

Mantenha-se atualizado.
Assine nossa Newsletter

Posts Relacionados