Perguntas respondidas pelos
nossos especialistas (123 perguntas)

Neurocientista

foto do especialista SOLANGE JACOB
Cientista Social com foco em Educação pela Universidade de Madri|FLACSO Argentina. Mestranda em Processos Cognitivos pela Universidade de Validolid. Especialista em Educação Infantil. Especialista em Intervenção Cognitiva e Aprendizagem Mediada. Membro da Red Pikler Nuestra America e Rede Pikler-Lóczy Brasil

Gerontóloga

foto do especialista THAÍS BENTO LIMA
Gerontóloga pela Universidade de São Paulo, Mestrado e Doutorado em Cognição e Envelhecimento, pela Faculdade de Medicina da USP. Presidente da Associação Brasileira de Gerontologia – ABG, nas gestões de 2011-2013, 2013-2015. Coordenadora de pesquisa de campo e de oficinas da Universidade Aberta da Terceira Idade da USP, no período de 2010-2012. Coordenadora do Grupo de Apoio Informativo da Associação Brasileira de Doença de Alzheimer e Desordens Relacionadas (ABRAZ) Unidade Santa Cruz.

PERGUNTA RESPONDIDA

Neste método tem algo em estudo para beneficiar pessoas que tiveram memória afetada devido a sequelas do AVE.

foto do especialista SOLANGE JACOB
Cientista Social com foco em Educação pela Universidade de Madri|FLACSO Argentina. Mestranda em Processos Cognitivos pela Universidade de Validolid. Especialista em Educação Infantil. Especialista em Intervenção Cognitiva e Aprendizagem Mediada. Membro da Red Pikler Nuestra America e Rede Pikler-Lóczy Brasil
Resposta:

É possível por meio do Método SUPERA, estimular as habilidades mentais que são primeiramente afetadas na maioria dos casos de Acidente Vascular Encefálico (AVE), como o desempenho de atenção, memória, planejamento e raciocínio.

Entretanto para participar das aulas e das atividades do SUPERA e necessário que o evento do AVE não tenha gerado impactos na autonomia e na independência do indivíduo, uma vez que a rede SUPERA tem como objetivo realizar a promoção de saúde, não tendo em seu quadro de profissionais, indivíduos que possam dar suporte em quadros de reabilitação de doenças adquiridas. Ou seja, em quadros leves com sequelas pequenas e transitórias resultantes do AVE o Método SUPERA pode auxiliar no estimulo das habilidades mentais.

Visite uma de nossas Unidades SUPERA mais próxima de sua casa para fazer uma aula grátis: http://metodosupera.com.br/

 

Thais Bento – Especialista 60+ | Gerontóloga

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 200 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.

© Método SUPERA Todos os direitos reservados. Política de Privacidade