Idosos apaixonados se unem para superar desafios

Publicado em: 06/06/2017 por: Bruno Saia

Dona Fátima e Sr. Jayme Paulillo estão sempre juntos, inclusive no SUPERA, praticando ginástica para o cérebro

Dona Fátima e Sr. Jayme Paulillo estão sempre juntos, inclusive no SUPERA, praticando ginástica para o cérebro

“Quando estamos afastados, sinceramente, não vejo a hora de voltar para ficar com ela”, conta apaixonado o professor aposentado Jayme Paulillo, de 86 anos.

Desde novembro do ano passado, ele acompanha sua esposa, Fátima Paulillo, de 83 anos, nas aulas de ginástica cerebral, no SUPERA Presidente Prudente.

Preocupado com as dificuldades de memória enfrentadas pela esposa, Sr. Jayme pesquisou uma solução na internet e encontrou o SUPERA. “Ela estava um pouco resistente no começo e, então, eu resolvi fazer o curso com ela. Assim eu posso aprender, para ajudá-la em casa, e fazer nossas atividades juntos”, relata.

Além de melhorar suas capacidades cognitivas, eles fazem novos amigos, o que também tem feito a diferença no desenvolvimento do casal. “As pessoas aqui no SUPERA são muito legais. Esta companhia é muito boa, nós gostamos de vir, pois nos sentimos bem aqui, não faltamos nem um dia”, conta o Sr. Jayme, orgulhoso.

Questionada se, após sete meses, houve alguma mudança em sua maneira de pensar e lidar com o mundo ao seu redor, Dona Fátima recorre ao marido: “Será, Jayme? Eu mudei?”.

“Sim, eu percebo a sua mudança, por que eu vivo com você aqui junto, você tem uma dificuldade específica, mas em todas as outras atividades você vai muito bem”, responde convicto.

“Deus me mandou essa mulher de presente e, a partir do nosso casamento, sempre fizemos tudo juntos, e isso é fundamental”, completa o Sr. Jayme.

Dona Fátima também se aposentou depois de uma longa e bem sucedida carreira como professora e, além do apoio do marido, o suporte da equipe do SUPERA é fundamental para que ela melhore a cada dia. “Eu gosto de vir, a educadora é muito paciente e, se eu venho, é por que eu preciso e vocês não me recriminam quando eu erro”, relata.

Qual o segredo para todo esse carinho, depois de tantos anos juntos? “A gente vive o problema um do outro, a gente sabe pedir desculpas e eu amo demais ele”, confessa Dona Fátima.

 

Ana e Tohoru: a ginástica para o cérebro mudou nossa vida para melhor!

Já dizia Fernando Pessoa: “o amor é uma companhia. Já não sei andar só pelos caminhos, porque já não posso andar só”.

Um pouco mais tímidos e não menos apaixonados, Dona Ana e o Sr. Tohoru estão juntos há 46 anos. Eles compartilham a experiência de uma vida mais plena, por meio da ginástica cerebral. “A gente entende um ao outro e procura dar o melhor da gente um para o outro”, conta o Sr. Tohoru, feliz, ao lado de sua esposa.

“Minha mente melhorou bastante. A ginástica cerebral fortalece, anima e também amplia a visão da gente. Estou aumentando meu conhecimento”, destaca, satisfeito com suam evolução após dois anos de curso. “A companhia dela é sempre importante e muito agradável”, completa com um sorriso.

Eles chegaram ao SUPERA Prudente após uma indicação da médica geriatra que acompanhava o Sr. Tohoru. “Ela disse que é preciso cuidar do corpo e também da mente, então eu vim conhecer o Supera e pensei assim ‘quero inscrever o Tohoru e quero fazer junto’. Aí começamos e estamos até hoje”.

Dona Ana chama a atenção para a mudança no seu dia-a-dia proporcionada pela ginástica cerebral. “Eu me tornei mais focada nas coisas, tenho mais segurança e o andamento do curso faz com que a gente se torne mais rápido e atento. Noto que ele também evoluiu bastante nesse sentido e estamos muito felizes, pois a mudança tem que ser sempre para melhor, né?”

 

 

Supera - Ginástica Cerebral, Pratique! Curso para todas as idades

Mantenha-se atualizado.
Assine nossa Newsletter

Posts Relacionados