5 dicas para melhorar a memória

Publicado em: 10/02/2017 por: Leticia Maciel

memoria

Para ter boa memória, é preciso treinar a atenção.

Memória: a nobre função cerebral que nos permite evitar erros do passado e resgatar boas lembranças

Memória é aquisição, formação, conservação e evocação de informações. Segundo Ivan Izquierdo, neurocientista pioneiro no estudo da neurobiologia da memória e do aprendizado (2002): “‘gravamos’ aquilo que aprendemos, ‘lembramos’ aquilo que gravamos, portanto, o que foi aprendido”. E aprender está ligado diretamente à atenção.

Dessa forma, como é possível se recordar daquilo que não prestamos atenção?

De acordo com a cientista social e Diretora Pedagógica Nacional do SUPERA, Solange Jacob, as informações ficam mantidas na mente o tempo suficiente para utilizá-las, mesmo quando estamos fazendo outras tarefas, como se fosse um depósito temporário de informações.

“Para que uma informação seja gravada mais facilmente na memória, é preciso que estas informações sejam significativas, além de manter-se profundamente concentrado e prestar atenção”, diz a cientista social.

Dicas práticas para melhorar a memória

Você pode adotar novos hábitos para melhorar sua capacidade de memória. Confira agora cinco dicas, elaboradas com base em pesquisas científicas e recomendadas pelo SUPERA:

Sono: há tempos, o sono é definido por cientistas como o estado em que nosso corpo otimiza e consolida novas informações adquiridas e as armazenam como memória.

Alimentação: está provado que uma dieta rica em Ômega-3, vitamina B e antioxidantes é importante para a saúde do cérebro e para ter uma boa memória.

Relaxamento: desestressar e meditar são formas reconhecidas de preservar as lembranças. Segundo estudos amplamente divulgados, a prática diária da meditação ativa as partes do córtex cerebral responsáveis pela tomada de decisão, atenção e memória.

Exercícios físicos: estudos científicos mostram que o exercício físico melhora e protege a função cerebral, sugerindo que pessoas fisicamente ativas apresentem menor risco de serem acometidas por doenças neurodegenerativas.

Estímulo Cognitivo: quando você pratica alguma atividade intelectual, o que também podemos chamar de ginástica cerebral, cria novas conexões entre os neurônios no cérebro (as sinapses). Quanto maior a densidade de sinapses no cérebro, maior é a nossa reserva cognitiva, a resistência da mente às lesões no cérebro.

No dia a dia, há várias ocasiões em que você pode se beneficiar de uma memória afiada e de uma boa capacidade de se recordar de fatos corriqueiros. No shopping center, você precisa se lembrar onde estacionou o carro.

No supermercado, precisa lembrar-se das coisas que falta em casa, a menos que tenha sempre a lista em mãos. Quem não tem disciplina de anotar, corre o risco de gastar mais, enquanto se perde pelas gôndolas tentando resgatar a memória.

Como melhorar a memória na terceira idade

É comum que pessoas com mais de 50 anos apresentem dificuldades de memorização. Com o envelhecimento, é natural que algumas atividades que exigem memorização sejam mais desafiadoras do que em outras faixas etárias.

A gerontóloga Thaís Bento, da USP (Universidade de São Paulo), revela algumas dicas que vão potencializar a memória de quem já ultrapassou os 50 anos de idade.

“Utilize pistas e estratégias que otimizem o desempenho da memória. Anote em um caderno as três reportagens principais veiculadas nos noticiários e revistas. Utilize o calendário diariamente, marcando com um “X” na presente data, anotando recados daquele dia”, conta a especialista.

Thaís Bento completa dizendo que, realizar poucas tarefas por dia melhora a qualidade de execução e de atenção.

“Você pode treinar a atenção com os jogos de sete erros e caça palavras. Essas atividades diminuem a ansiedade e a distração. É necessário manter uma alimentação equilibrada, incluindo frutas vermelhas, que são ricas em antioxidantes, além do azeite extra virgem e o duas castanhas-do-Pará por dia, rica em selênio, nutriente que ajuda a fortalecer os neurônios”, completa a especialista.

Supera - Ginástica Cerebral, Pratique! Curso para todas as idades

Mantenha-se atualizado.
Assine nossa Newsletter

Posts Relacionados