Concursos - como exercitar o cérebro para passar na prova
http://metodosupera.com.br/como-exercitar-o-cerebro-para-passar-em-concursos/

Como exercitar o cérebro para passar em concursosPublicado em: 09/05/2016

ginástica cerebralConcursos – Milhares de páginas na internet trazem dicas e técnicas para ser aprovado em concursos, mas nada será eficiente se o seu cérebro não estiver preparado.

Se você quer passar em concursos, a maratona de estudos começa com a ginástica cerebral, uma prática que promove o desenvolvimento de habilidades essenciais para estudantes: concentração, raciocínio e memória.

De acordo com a Pesquisa Nacional de Amostragem de Domicílios, o PNAD, realizada pelo IBGE, 10 milhões de brasileiros estão estudando para prestar algum concurso público nos próximos 12 meses. O levantamento considerou tanto aqueles que estão matriculados em cursinhos preparatórios quanto aqueles que estudam em casa.

Em paralelo, estudos da Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos Públicos (Anpac) revelam que foram abertas mais de 215 mil vagas em 2015 nas esferas municipal, estadual, distrital e federal, em órgãos do Poder Judiciário, Executivo, Legislativo, além de bancos públicos e autarquias.

Com estes números impressionantes, a garantia do estudante é investir no diferencial: a qualidade do aprendizado. Para garantir bom desempenho do cérebro nos estudos, antes de mais nada é importante colocar os neurônios para trabalhar.

Existe uma área da ciência, a neurociência, que estuda o cérebro e descobriu que podemos modificar suas estruturas através de estímulos.

A ginástica cerebral consiste exatamente nisso, em estimular o cérebro, promovendo o desenvolvimento de suas habilidades.

Operações mentais

O conjunto de ações elaboradas a partir da informação que chega até nós, ou ações mentais, colocam em funcionamento as habilidades mentais e desenvolvem suas potencialidades. As operações mentais cristalizam as sinapses neuronais em virtude do exercício repetitivo dos atos, até chegar a automatizar muitas habilidades cognitivas e criar hábitos de trabalho intelectual.

Na lista abaixo, você vai conferir quais são algumas dessas operações e o seu aspecto racional.

Identificação: é reconhecer as características essenciais e transitórias que definem os objetos. Das técnicas de ativação: observar, sublinhar, enumerar, contar, somar, descrever, perguntar, procurar no dicionário.

Análise: com essa operação, separamos as partes de um todo, buscamos suas relações e extraímos inferências. Precisamos de uma precisão e de um detalhamento cada vez maiores para que possamos discriminar as características. Das técnicas de ativação: procurar sistematicamente, ver detalhes, enxergar prós e contras, dividir, descobrir o que é relevante e o que é essencial.

Raciocínio lógico: é o processo mental baseado em normas que regem as conclusões do nosso pensar. É indutivo se parte do particular para o geral; e dedutivo se partimos de certos princípios gerais que aplicamos a casos particulares.

Cinco dicas para passar em concursos

  1. Defina seu objetivo. Escolha o cargo que deseja e trace um programa de estudo focado nele.
  2. Escolha suas fontes de estudo e o tempo que se dedicará a elas. Especialistas aconselham “rotina de operário”.
  3. Quando estiver estudando, reserve o tempo que dura a prova para resolver questões. Dessa forma, você vai treinar para conseguir concluir a questão no tempo médio.
  4. Estude todas as matérias. Os editais dão nota mínima para cada prova. Não adianta gabaritar em uma matéria e zerar em outra.
  5. Mantenha uma rotina de exercícios físicos e uma alimentação saudável. Pesquisas comprovam que o exercício aeróbico melhora o aprendizado.

Simulado SUPERA: desafios de raciocínio lógico

Desafio I: Pedro é um atleta que se exercita diariamente. Seu treinador orientou-o a fazer flexões de braço com a frequência indicada na tabela abaixo:

Dia da semana Número de flexões de braço
2ª e 5ª feiras 40
3ª e 6ª feiras 10
4ª feiras 20
Sábados 30
Domingos Nenhuma

No dia de seu aniversário, Pedro fez 20 flexões de braço.

No dia do aniversário de sua namorada, 260 dias depois do seu, Pedro:

(A) Não fez flexões.

(B) Fez 10 flexões

(C) Fez 20 flexões.

(D) Fez 30 flexões

(E) Fez 40 flexões

(FCC – Tec. Jud. – Apoio Esp. – Programação – 2012 – TST). Confira a solução, aqui.

Desafio II: Em uma ilha, as pessoas são divididas em dois clãs. O clã dos cavaleiros que só falam a verdade e o clã dos malandros que só falam mentiras (enunciados falsos). Nessas condições, assinale a alternativa que apresenta corretamente o enunciado que nenhum habitante da ilha pode proferir.

(A) A lua é feita de queijo suíço.

(B) Está nevando e não está nevando.

(C) Eu sou cafajeste.

(D) Dois mais dois é igual a quatro.

(E) Os cavaleiros só falam falsidades.

(VUNESP-PCSP-Escrivão-2013). Confira a solução, aqui.

Como estimular o cérebro?

Além de praticar atividades físicas regularmente, ter boas noites de sono e uma alimentação equilibrada, você pode treinar o cérebro em casa ou em uma academia especializada.

No curso SUPERA, os alunos exercitam o cérebro com seis ferramentas pedagógicas tradicionais e que, juntas, potencializam o resultado uma das outras. São elas: ábaco, exercícios cognitivos, jogos pedagógicos, dinâmicas, neuróbicas e jogos virtuais do SUPERA Online.

As aulas são semanais e tiram o cérebro da zona de conforto, atendendo três princípios: novidade, variedade e grau de desafio crescente. Esse conjunto de atividades e estímulos amplia a capacidade de processamento e a reserva cognitiva do cérebro.

Yuri Gonçalves é aluno do SUPERA Montes Claros (MG)

Yuri Gonçalves é aluno do SUPERA Montes Claros (MG)

Conheça a história de um aluno que foi aprovado em concurso

“O SUPERA foi peça fundamental para que eu fosse aprovado no concurso da PMMG (Polícia Militar de Minas Gerais). Necessitava de um método que pudesse melhorar minha concentração para conseguir absorver o conteúdo estudado. E foi a partir dessa necessidade que o SUPERA entrou na minha vida. Com as aulas, melhorei não apenas a concentração, mas a memória também. Além disso, o ambiente é muito agradável e acolhedor, e possibilita novas experiências e ensinamentos que levarei por toda a vida. Sou muito grato à Deus e ao SUPERA”, Yuri Gonçalves de Matos, 27 anos, aluno do SUPERA Montes Claros (MG).

Como passar na prova e conquistar a vaga dos sonhos no vestibular

Entrar em universidade federal não é brincadeira, principalmente para quem sempre estudou na rede pública. Mas Milton conquistou a vaga dos seus sonhos: passou também em Ciências Exatas na Universidade Federal do Paraná (UFPR).

“O SUPERA faz parte desta minha conquista. Foi graças ao método que fiquei mais rápido para fazer cálculos e isso me ajudou muito na hora do vestibular. Fazia correndo a parte de matemática e sobrava mais tempo para a prova de português”, diz o jovem, hoje com 18 anos.

Emerson Kazuhiro foi aprovado em quatro universidades

Emerson Kazuhiro foi aprovado em quatro universidades

Emerson Kazuhiro é mais um aluno da rede SUPERA que obteve sucesso nos estudos, desta vez no vestibular. Aprovado em todas as universidades as quais se candidatou, o estudante, que pratica ginástica cerebral há dois anos no SUPERA, diz que a ginástica cerebral contribuiu para o bom desempenho nas provas.

“O curso me ajudou muito a conquistar meu objetivo de passar no vestibular. Fiz as provas da USP, UNESP, UFSCAR e UNICAMP, a qual conquistei o 2º lugar em Engenharia Mecânica, e fui aprovado em todas as universidades! Tenho muito a agradecer ao SUPERA por me preparar para tudo, pois não é fácil lidar com a pressão, os estudos e as provas para os vestibulares. Uma coisa posso afirmar: valeu muito a pena passar esse tempo no SUPERA, e tenho certeza que o curso ofereceu a mim apenas coisas boas desde que eu entrei! Muito obrigado”, diz Emerson, aluno do SUPERA Campinas Castelo.

 

 

 

 

 

Por Bárbara Rocha

Supera - Ginástica Cerebral, Pratique! Curso para todas as idades

Mantenha-se atualizado.
Assine nossa Newsletter.

Posts Relacionados

SUPERA PRESENCIAL

O Supera Ginástica para o Cérebro é voltado para todas as pessoas a partir de 5 anos, sem limite de idade. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. As aulas, ministradas uma vez por semana com duração de duas horas, são dinâmicas e contagiantes, com atividades que agradam todo tipo de público.

SUPERA para escolas Método de estimulação cognitiva

Exclusivo para Instituições de Ensino. O SUPERA é a mais avançada ferramenta pedagógica de estimulação cognitiva e, portanto, representa um grande diferencial para sua instituição de ensino. Além de ser um excelente recurso de marketing, o método melhora o desempenho dos alunos e eleva os índices de aprovação da sua escola.

Franquia SUPERAEmpreenda em Educação

Criado em 2006, o SUPERA é hoje a maior rede de escola de ginástica para o cérebro do Brasil. Em um ano de operação, entrou para o sistema de franquias e hoje já possui 200 unidades no país. O curso, baseado em uma metodologia exclusiva e inovadora, alia neurociência e educação. Se você tem interesse em empreender nesta área, deixe seu cadastro em nosso site.

© Método SUPERA Todos os direitos reservados. Política de Privacidade